• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


Os Agresiva são uma banda espanhola de heavy metal puxado a thrash (ou de thrash metal acalmado pelo heavy metal) que vê agora o seu álbum de estreia a ser reeditado pela Minotauro Records e em boa altura. Porquê? Porque assim ficamos a saber da sua existência. Gostamos sempre de saber de coisas novas de thrash mesmo que estas coisas novas já sejam antigas. De que outra forma poderíamos gritar thraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaash sem passarmos por maluquinhos? Bem, talvez também não seja uma desculpa propriamente sólida que defenda a nossa sanidade mental mas a verdade é que "Eternal Foe" merece todas estas honras de reedição, que aqui tem o brinde de ter algumas músicas da demo presente como faixas bónus.

Após uma breve intro instrumental (já há muito tempo que não mencionamos como gostamos de intro instrumentais em discos de thrash, por isso, aqui fica mais uma vez) de seu título "Nocturnia", é com "Pale Horse (Red D'eath)", que as coisas começam definitivamente a agitar. Um tema que não esconde a tradição norte-americana como influência mas que também não dispensa aquela dose de melodia bem própria do heavy metal, pedigree que encontramos ao longo de todo o trabalho, para nossa satisfação, já que esse é um equilíbrio algo difícil de conseguir atingir - nada pior do que uma banda que ameaça no thrash e depois parece que não tem potência suficiente para cumprir.

Os maldizentes poderão dizer que este modus-operandi tornou-se moda quando o género todo o revivalismo rebentou e até poderá haver alguma razão nessas afirmações, no entanto, a música realmente empolga e ninguém trouxe propriamente algo de novo para o thrash metal a não ser energia redobrada - a expressão sangue novo não é sinónimo de revolução. Sendo assim temos aqui um belo álbum de estreia que nos é reapresentado quatro anos após o seu lançamento. Faz-nos querer procurar pelo seu segundo álbum, "The Crime Of Our Time", lançado em 2014 e começarmos a olhar para o calendário e pensar que, mantendo o ritmo, estará quase na altura de lançar qualquer coisa. As faixas bónus têm uma qualidade inferior mas ainda assim são uma adição interessante e boa forma de perceber a evolução da banda.


Nota: 8.2/10

Review por Fernando Ferreira