• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Já nos conhecem. Pelo menos têm obrigação disso. Um dos nossos pontos fracos é a aproveitação do espaço físico do suporte onde temos a música que ouvimos. No caso de ser um álbum, num CD, temos alguma resistência a considerar álbuns com durações inferiores a trinta minutos – e já os que têm a duração um pouco superior custa-nos bastante. No entanto, e conforme vamos avançado na nossa jornada pelo mundo do metal, aprendemos que certas regras foram feitas para ser quebras.

Isto significando que em certos casos, mais do que a duração dos temas ou dos álbuns, interessa analisar o álbum como um todo e que essa análise tem de ter em conta a totalidade das músicas e o sentimento com que se tem para com esse total. Ora o sentimento que se tem depois de ouvir este “You Will Never Be One Of Us” é de que fomos atropelados e violados (não exactamente por esta ordem) por um camião cisterna blindado à la Mad Max. A forma como acaba então, com um sujo, lamacento e ameaçador “They Come Crawling Back”, é para rebentar tudo, com uma abordagem que não ficaria desfasada de uma proposta doom ou sludge. Uma boa surpresa para uma banda que ganhará uma nova exposição com este seu terceiro trabalho.

Já é qualquer coisa. Ou melhor, já é muito. E tudo isto em pouco mais de vinte minutos de música. E por incrível que pareça, ficamos bem satisfeitos após esta enxurrada de porrada no corpo etérico. Ao terceiro álbum, os Nails chamam a atenção da comunidade de música extrema, e não é por acaso que estão numa casa como a Nuclear Blast, que não dá ponto sem nó. Temos dez temas de violência sónica, caos e destruição que é surpreendentemente viciante.


Nota: 9/10
Review por Fernando Ferreira