• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


Este foi um dos concertos de rock mais aguardados do ano. “Aero-vederci baby!” é, segundo a banda, a tour europeia na qual se vão despedir dos palcos. Embora a esperança seja a última a morrer (e, felizmente, muitas bandas voltam com a palavra atrás), é um facto de que, muito possivelmente, esta terá sido a última vez que os Aerosmith pisaram um palco nacional. Nesse sentido, a corrida para os bilhetes não tardou a surgir, e mesmo à última da hora eram muitos os que ainda ansiavam por conseguir um lugar de última hora no MEO Arena.

A primeira parte da noite esteve a cargo dos britânicos RavenEye, que fizeram a sua estreia em Portugal. A banda, cujos lançamentos se resumem a um EP, “Breaking Out”, e um primeiro álbum de estúdio, “Nova”, conta apenas com três anos de existência. Não podemos dizer que seja fácil ter a missão de abrir a noite para um evento desta dimensão (pelo que os Aerosmith representam e pela plateia com milhares de pessoas sedentas de boa música), mas os RavenEye fizeram-no sem medo e foram muito bem-sucedidos. 

Durante os quase 45 minutos de atuação, foram criando empatia com o público, que foi reagindo de forma cada vez mais efusiva. E quando menos esperávamos, o vocalista e guitarrista Oli Brown sobe às cavalitas do baixista Aaron Spiers e ambos percorreram o palco desta forma, a tocar guitarra e baixo, respetivamente, como se se tratasse de uma tarefa sem qualquer dificuldade. Destaque para o tema “Hey Hey Yeah”, o mais cantado e aplaudido pelos presentes. Os RavenEye referiram que o público não podia saber o quão felizes estavam por poder partilhar o palco com os Aerosmith, uma das suas bandas preferidas de sempre. Na realidade, só podemos imaginar. Que voltem mais vezes, pois conquistaram o público português. 

Nesta altura, o calor que se fazia sentir era mais que muito. Embora com um público algo dividido (algo visível por uma certa discrepância entre o fim do golden circle e o início da plateia em pé), todos ansiavam pela chegada dos norte-americanos. 


Perto das 22h00, no ecrã gigante que surgiu de suporte à atuação, eis que surgem imagens dos tempos áureos da banda, ao som de “O Fortuna”, de Carl Orff, e o público fica ao rubro. Pouco tempo depois, a banda entra em palco, deixando a música falar: “Let´s Do The Talking” foi a primeira contemplada para uma atuação que durou praticamente duas horas. Steven Tyler entra de óculos escuros, cabelo “ao vento” provocado pelas ventoinhas de suporte e gestos inconfundíveis, mostrando que com quase 70 anos ainda consegue ter carisma para dar e vender.


Seguem-se “Nine Lives” e “Rag Doll”, onde Joe Perry surge a tocar numa lap steel. Depois de cumprimentarem Lisboa, surge o primeiro grande momento com “Livin’ On The Edge”, no qual Tyler percorre o golden circle e permite que alguns fãs cantem no seu microfone. Este momento estendeu-se ao tema seguinte, “Love In An Elevator”, no qual Tyler se deita por momentos no palco, à qual se segue “Falling In Love (Is Hard On The Knees”). Mas o palco não pertence apenas a Tyler, e bem sabemos que Joe Perry, embora com uma pose mais discreta, também encanta. 

Em ”Stop Messin’ Around”, dos Fleetwood Mac, Perry assume os vocais e termina com um solo brilhante atrás das costas. Continuam com um tema da mesma banda, “Oh Well”, onde o guitarrista Brad Whitford e o teclista convidado Buck Johnson merecem também o devido destaque.


Segue-se um momento acústico, no qual Tyler e Perry se sentam lado a lado, apresentando Hangman Jury” e “Seasons of Wither. Esta sequência de temas, embora preparada a rigor e com uma qualidade indubitável, talvez tenha amornecido um pouco a plateia, que já estava claramente desejoso por um tema mais mexido. As coisas voltaram a aquecer com “Sweet Emotion”. Entretanto…”Wait for it”, expressão que Tyler usou algumas vezes: o músico pergunta à plateia se têm algum chapéu. O chapéu surgiu, sim, e veio possivelmente com o tema mais emblemático da banda, e que deixou uma lágrima no canto do olho: “I Don’t Want To Miss A Thing”. 

Regressamos com o tema “Come Together”, dos Beatles, muito bem recebido, seguido de “Eat The Rich” (que culminou com um arroto bastante sentido por parte de Tyler). Antes do encore, chegou-nos a também emblemática “Cryin’”, que colocou muitos braços no ar, e “Dude (Looks Like a Lady)”, uma das mais cantadas pelos fãs. 


Pausa para nos recompormos e, infelizmente, percebermos que o concerto está quase no fim. Muitos temas excelentes ficariam por tocar, esse era um dado adquirido – não é fácil colocar quase cinco décadas de tão bons trabalhos em apenas duas horas. Mas o tema que veio a seguir tinha de ser tocado – sim, o que tem de ser, tem muita força – “Dream On”, que surgiu acompanhada de um piano branco, colocou-nos a sonhar e foi, sem sombra de dúvidas, um dos pontos altos da noite. Em “Mother Popcorn”, original de James Brown, já conseguíamos notar alguns sinais de cansaço na voz de Tyler (também não era para menos…). A noite termina com praticamente todos os braços da plateia no ar, dançando ao som de “Walk This Way”. 

Se esta tiver sido realmente uma despedida, foi em grande. Mas não nos importamos que os Aerosmith dêem uma facadinha nesta despedida e voltem novamente (dá vontade de repetir interminavelmente “dream until your dreams come true”). 


Texto por Sara Delgado
Fotografia por Alexandre Antunes / Everything Is New
Agradecimentos:  Everything Is New



Os Epica não abrandam nos lançamentos e para felicidade dos seus fãs, a banda encabeçada por Simone Simmons anunciou que no dia 1 de Setembro irá lançar um novo EP, de seu nome "The Solace System", cujo videoclip oficial da música que dá nome a este EP pode ser visto acima.

"The Solace System" contém seis músicas que não entraram no mais recente lançamento da banda holandesa, "The Holographic Principle", a 30 de Setembro do ano passado.

Por: Carlos Ribeiro - 27 Junho 17


A banda norte-americana tem previsto o lançamento do seu novo álbum intitulado “Undulating Waves Of Rainbiotic Iridescence” para o dia 15 de Setembro, pela Willowtip Records.

Eric Hersemen, membro fundador da banda comentou sobre o projecto: “É o culminar de mais de 10 anos de imaginação e visão; um exercício louco e colorido em técnicas vibrantes e proficientes e paixão desenfreada.”

É possível visualizar acima o vídeo do tema "Plume Of Ink Within A Vacuum", também este inserido no novo álbum.



Por: Ana Antunes - 27 Junho 17


Os californianos Suicidal Tendencies lançaram um videoclip para "Living For Life". Este tema é retirado do último álbum "World Gone Mad", lançado em Setembro passado. O vídeo, que pode ser visto acima, foi dirigido por Pep Williams e editado por Scott O´Malley pela Guerilla Press.  

"World Gone Mad" foi o primeiro trabalho com a formação que inclui o antigo baterista de Slayer, Dave Lombardo, e o guitarrista Jeff Pogan.

A banda informa ainda que tem planos para lançar um novo EP no Outono e que adiantará mais informações para breve.

Por: Paulo Vaz - 27 Junho 17


Os Body Count lançaram um novo vídeo para a música "Here I Go Again", que integra o seu mais recente álbum, intitulado "Bloodlust", lançado em Março deste ano, pela Century Media.

O vídeo pode ser visto abaixo.

Por: Luís Valente - 27 Junho 17



Surgiu uma nova banda, os Auri, que promete agradar aos fãs de Nightwish. É de referir que o álbum foi gravado por Tim Oliver nos Real World Studios. 

O álbum será lançado na primavera de 2018 pela Nuclear Blast.

Os Auri são constituídos por: 

Johanna Kurkela
Tuomas Holopainen
Troy Donockley

Por: Sofia Sousa - 27 Junho 17


Cinco anos volvidos e Portugal voltou a ter a presença dos Mastodon que trouxeram a galope o novíssimo "Emperor Of Sand", motivo mais que suficiente para que os fãs rumassem à Sala Tejo da Meo Arena. Antes destes gigantes da música pesada, contámos com os britânicos Black Peaks.

Os Black Peaks não fizeram certamente jus ao título ("Statues") do seu recente álbum de estreia e mostraram-se bastante enérgicos em palco naquilo que foi uma estreia bastante surpreendente em solo português. Perante um público pouco a par da banda de Brighton, ainda assim com um ou outro seguidor mais conhecedor da palavra dos inicialmente Shrine, o quarteto auto-rotulado de post-hardcore progressivo consistiu a sua atuação nalguns temas portentosos que adornam o seu primeiro álbum, com destaque para "Say You Will" - uma das favoritas da banda e ao que pareceu do público presente na Sala Tejo - ou "Glass Built Castles" para a despedida. Os Black Peaks foram realmente um dos pontos altos da noite e serão certamente tidos em conta.

Sob uma atmosfera habitualmente mística e psicadélica, os sultões da nova vaga do metal americano subiram ao palco para darem a conhecer ao vivo mais um excelente trabalho do seu já vasto repertório e iniciaram um concerto memorável com, claro está, "Sultan's Curse". Soltada a fera, seguiram-se "Divinations" e "The Wolf Is Loose", malhas que começaram a devastar o público - que respondia com mosh-pits em catadupa ou entoava ao estilo power metal os êxitos da banda - e que provaram também que os Mastodon estavam ali para nos levarem numa viagem pelos tempos ao som de temas tão conhecidos como "Crystal Skull", "Black Tongue", "Oblivion", "Chimes At Midnight", entre outros. Quando "March Of The Fire Ants" parecia ser a última marcha para um espaço próximo de lotar, o baterista Brann Dailor chegou-se à frente e perguntou carinhosamente se todos estavam prontos para mais um tema e eis que a pedido caiu sobre a Sala Tejo "Blood And Thunder"! Um encore perfeito, com "White whale, Holy Grail" a viva voz, e que completou uma atuação perfeita, demonstrando que tal performance não ficará esquecida nos desertos do tempo, assim como uma banda que tem superado a espuma dos dias. Além disso, não restaram dúvidas, se é que ainda restavam, quanto à sua consagração no seio do metal.


Texto por Bruno Porta Nova
Fotografias por Diana Fernandes
Agradecimentos: Prime Artists e PEV Entertainment



Os lendários Black Sabbath anunciaram, através de um trailer curto que pode ser visto acima, que irão lançar uma nova compilação, a que chamaram "The Ten Year War", à venda no dia 29 de Setembro deste ano, através das BMG Records.

Este lançamento irá ter os primeiros 10 álbuns da banda britânica com Ozzy como vocalista, nomeadamente: Black Sabbath, Paranoid, Master Of Reality, Vol.4, Sabbath Bloody Sabbath, Sabotage, Technical Ecstacy and Never Say Die. Álbuns remasterizados por Andy Pearce.

Entre as outras coisas que acompanham o lançamento, virá também uma pen em forma de crucifixo. Abaixo pode ser vista uma imagem onde está tudo o que podemos encontrar neste "The Ten Year War".


Por: Carlos Ribeiro - 25 Junho 17


Os Stray From The Path têm concerto marcado para Lisboa, mais concretamente no RCA Club, no próximo dia 5 de Novembro deste ano.

Esta será a única data em Portugal do conjunto. Em breve sairão todas as restantes informações.

Por: Carlos Ribeiro - 25 Junho 17


O novo álbum dos Foo Fighters, intitulado "Concrete And Gold", vai ser lançado no dia 15 de Setembro pelas Roswell Records/RCA Records. Abaixo podem ser conhecidas a track list e artwork deste registo. 

Track list de "Concrete And Gold":

01. T-Shirt
02. Run
03. Make It Right
04. The Sky Is A Neighborhood
05. La Dee Da
06. Dirty Water
07. Arrows
08. Happy Ever After (Zero Hour)
09. Sunday Rain
10. The Line
11. Concrete And Gold



Por: Sara Delgado - 25 Junho 17


Os suecos Dead Lord regressam ao nosso país já no próximo mês. A banda atua no dia 1 de Julho, na Cave 45, no Porto; no dia seguinte, podemos vê-los no Stairway Club, em Cascais. 

A data portuense conta também com os nacionais Wanderer e Mr. Mojo. 

1 de Julho, Porto
Bilhete: 10€
Início: 22h30

2 de Julho, Cascais
Bilhete: 10€ com direito a 1 soft drink
Início: 23h

Por: Sara Delgado - 25 Junho 17


Os Lacuna Coil têm dois concertos marcados paras o nosso país. Os italianos atuam no dia 1 de Dezembro, no Under The Doom Fest, em Corroios; no dia seguinte, pisam o palco do Hard Club, no Porto. 

Na data portuense, o início do espetáculo estará a cargo dos Blame Zeus. Ainda está por anunciar outro nome para esta noite. Mais detalhes serão anunciados em breve.

Bilhetes à venda brevemente: 
26€ (antecipado) ou 30€ (no próprio dia). 

Por: Sara Delgado - 25 Junho 17

 

Os Nocturnal Rites anunciaram o seu regresso com um novo álbum, intitulado "Phoenix". O seu último álbum foi lançado em 2007 e, com o lançamento de "Phoenix" a 29 de setembro deste ano, a longa espera dos fãs chega, finalmente ao fim.

Por: Sofia Sousa - 23 Junho 17


A 14 de Julho, a banda norueguesa de death metal, Execration, lançará o seu novo álbum "Return to the Void", através da Metal Blade Records. Deste trabalho, a banda estreia "Eternal Recurrence", disponível em cima. Este foi um dos primeiros escritos para "Return to the Void".


Por: Paulo Vaz - 24 Junho 17


Mesmo antes do lançamento do seu novo álbum "Mutilated and Assimilated", esta sexta feira, os Broken Hope partilharam um vídeo de 360º. Depois do tema que dá título ao álbum e de "The Carrion Eaters", "The Meek Shall Inherit Shit" é agora revelado e pode ser visto em cima.

De acordo com a banda, as letras por detrás desta música "foram inspiradas pelos verdadeiros horrores observados no mundo real" e é "uma mensagem de premonição sobre o aumento irreversível da poluição global".

O guitarrista e letrista Jeremy Wagner explica que: ""The Mekk Shall Inherit Shit" é um som que eu queria escrever liricamente há algum tempo. Eu sou um ambientalista - uma pessoa que considera o ambiente, ao invés da hereditariedade, como principal influência no desenvolvimento dos seres humanos."


Por: Paulo Vaz - 23 Junho 17


Os Hatebreed lançaram um vídeo para a música "Seven Enemies", que integra o seu mais recente álbum de estúdio, intitulado "The Concrete Confessional", lançado em Maio de 2016.

O videoclip pode ser visto abaixo.


Por: Luís Valente - 23 junho 17


"Utopioid" será o novo álbum da banda americana e será lançado no final de Agosto. Este é o sexto álbum de estúdio do grupo e tal como os dois trabalhos anteriores, será lançado de forma independente. As gravações terão início já no próximo mês. 

Por: Ana Antunes - 22 Junho 17


Arch Enemy irão lançar novo álbum, intitulado “Will to Power”, a 8 de Setembro via Century Media. A capa do disco capta a atenção pelo trabalho artístico de Alex Reisfer, que rapidamente captou o conceito que a banda pretendia. 

Todos os símbolos que aparecem, desde a caveira à cobra, representam a determinação quase que predatória de Will to Power. É ainda de referir que a partir de 15 de setembro deste ano a banda inicia a sua tour internacional – Will to Power Tour 2017 -  que se prolongará até 11 de outubro. 

Por: Sofia Sousa - 22 Junho 17


A organização do Festival Reverence Santarém 2017 anunciou os últimos nomes que irão estar presentes na edição deste ano. São eles: Mono, Gang Of Four, Oathbreaker, Bo Ningen e Sinea Root.

O Reverence Santarém 2017 realiza-se no Parque da Ribeira de Santarém, nos dias 8 e 9 de Setembro.

Por: Carlos Ribeiro - 22 Junho 17


A banda de sludge Bison tem vindo a revelar alguns detalhes do seu novo álbum “You Are Not The Ocean You Are The Patient”, a ser lançado a 23 de Junho pela Pelagic Records e cuja capa pode ser vista abaixo.

Este será o quarto álbum de estúdio da banda canadiana e depois de terem revelado três dos temas que o integram, disponibilizam finalmente o streaming do álbum na íntegra, que pode ser ouvido aqui.


Por: Andreia Teixeira - 22 Junho 17


Foi para muitos uma falha quase imperdoável perder a atuação de Swans no NOS Primavera Sound, ainda no início deste mês. No entanto, a Amplificasom anunciou ontem que o coletivo Swans, ressuscitado por Michael Gira em 2010, estará de volta ao nosso país já no próximo mês de Outubro.

Embora regressem em modo de despedida, sendo este já um “segundo adeus anunciado” da banda, é com todo o prazer que os recebemos novamente, e desta vez com duas datas marcadas entre Porto e Lisboa. Como se isso não bastasse, fazem-se acompanhar ainda pela multi-instrumentista Baby Dee em ambas as datas.

Os americanos vão estar então no Hard Club no Porto a 8 de Outubro e passam pelo Lisboa Ao Vivo no dia seguinte, 9 de Outubro. Os bilhetes já se encontram disponíveis através da Amplistore e Ticketline, e têm o preço de 25€. Brevemente serão também disponibilizados bilhetes físicos em diversos postos de venda.

Por: Andreia Teixeira - 22 Junho 17


"Seizure And Desist" é o novo videoclip dos Dead Cross. Este tema pertence ao álbum de estreia que será lançado no dia 4 de Agosto, autointitulado de "Dead Cross". Este novo projeto conta com o baterista Dave Lombardo e do vocalista Mike Patton.

Dave Lombardo comentou sobre o álbum: "Este projecto tem muita raiva e frustração, é algo que se pode ouvir na minha bateria. Foi a criação perfeita de um álbum de hardcore. É um dos trabalhos mais brutais que alguma vez criei." 


Por: Ana Antunes - 22 Junho 17


Os Byzantine, banda de thrash progressivo, acabam de lançar um novo videoclip com a letra do seu mais recente single, Trapjaw. Esta música pertence ao novo álbum, intitulado The Cicada Tree,  a ser lançado a 28 de Julho de 2017 via Metal Blade Records.


Tracklist:

01. New Ways To Bear Witness
02. Vile Maxim
03. Map Of The Creator
04. Dead As Autumn Leaves
05. Trapjaw
06. The Subjugated
07. Incremental
08. The Cicada Tree
09. Verses Of Violence
10. Moving In Stereo
11. Servitude

Por: Sofia Sousa, 22 Junho - 17


Os The Devil Wears Prada lançaram recentemente o vídeo para a música "Worldwide", que integra o mais recente álbum da banda, intitulado "Transit Blues", lançado em Outubro do ano passado pela editora Rise Records.

O videoclip de "Worldwide" pode ser visto abaixo.

Por: Luís Valente - 22 junho 17


A banda de Death Metal polaca, Decapitated, divulgou o videoclip de "Earth Scar". Esta é outra faixa retirada do álbum "Anticult", que sairá a 7 de Julho, pela Nuclear Blast.

"Estamos realmente alegres por lançar o segundo tema do nosso próximo registo "Anticult" - Earth Scar" - disse o guitarrista e membro fundador de Decapitated, Waclaw "Vogg" Kieltyka. "Eu sempre retirei influências de todos os espectros do Metal e esta música e o nosso álbum refletem isso. Como "Never", este tema foi concebido para partir em palco e mal podemos esperar para adicioná-lo ao set. Rasta (vocalista) escreveu as letras com um conteúdo metafórico relativamente a andar em tour. Os estilos de vida normais, de estar em casa, em contraposição a andar na estrada e ver a nossa tribo interagir com a música e as qualidades restauradoras disso. " 


Por: Paulo Vaz - 21 Junho 17