• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Slug Comparison é um nome bizarro, não apenas para uma banda, mas no geral para qualquer coisa e “banda” pode também não ser a definição correcta para o projecto a solo do vocalista de Fen, Doug Harrison. E engane-se quem espera black metal atmosférico à semelhança do outro projecto mais notório de Doug Harrison, pois o que aqui temos pode ser encaixado algures entre rock psicadélico e o progressivo, se bem que traz consigo aquela aura contemplativa que se pode ouvir nos Fen, mas os dois projectos são mundos totalmente à parte um do outro.

Se se pretende uma banda para utilizar como referência para se ter uma ideia do carácter de Slug Comparison então talvez os Porcupine Tree, só que com temas de 3 minutos e meio, sejam a associação mais aproximada.

Sendo também o álbum de estreia de um projecto a solo o que se podia esperar ao pôr isto a tocar será sempre uma incógnita com uma tendência para ouvir sonoridades semelhantes às da tipicamente chamada “banda principal”, mas Slug Comparison surpreende não só pela grande diferença estilística como também pelo alto calibre da música em si. Há uma harmonia constante entre guitarra acústica e eléctrica que se adapta perfeitamente ao carácter único de cada tema (sim, este é um daqueles álbuns onde cada música tem uma identidade bem vincada); harmonia essa que é visitada ocasionalmente por elementos exteriores como as partes electrónicas de “Bringer Of Doom”. Outro grande destaque deste disco é também o aprimorar da qualidade de Harrison como vocalista. A facilidade como talha a sua voz em temas tão distintos como “Evil Walks” com aquela muito própria atmosfera tribal, ou puxando até falsettos como os usados no refrão da muito catchy “You’ve Seen Me” revelam a qualidade de Doug como um vocalista versátil e os temas em si demonstram as suas capacidades como compositor.
Conseguindo surpreender em cada faixa, seja pelo cariz distinto da música em si entre as restantes como o caso da já referida “Evil Walks” ou da exótica mistura em “Common Room”, seja pela intensidade que cresce à medida que os temas se vão desenrolando: há um excelente e inesperado exemplo disso na segunda metade de “Summer ‘99” e na poderosa “Long Live The Night” que é, sem dúvida, o tema mais complexo e denso do álbum. Uma agradável surpresa que compensa a cada minuto.


Nota: 9.2/10

Review por Tiago Neves