• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Quando temos um EP (ou MCD, conforme lhe queiram chamar) que se propõe a expor perante o mundo black schizophrenic metal e começa com uma intro que consiste numa versão podre da "Marcha Fúnebre" de Chopin com posteriores ruídos noise, é o suficiente para se ficar curioso para ouvir o resto. O tema título deste EP é a primeira faixa a sério e traz-nos um black metal raivoso que não tem muito esquizofrénico a não ser pelo facto de ser algo musculado, indo beber alguma da sua força ao death metal. No entanto, a faixa seguinte, "Dødskyggen", já nos traz um pouco mais de dinâmica mas ainda pouco para que se considere esquizofrénico. E é por esta altura que desistimos de procurar elementos que justifiquem a designação - que foi o título do seu segundo álbum, lançado em CDr. A cover dos Mysticum, "The Kingdom Comes", enquadra-se muito bem no espírito do trabalho além de fazer jus ao original. Curiosamente é quando abandonamos a busca pelo elemento de estranheza que nos foi prometido é quando o encontramos, nas duas últimas faixas do trabalho - "Grobowa Mg³a" e "Cranium" que soam completamente fora daquilo que nos foi apresentado até então. São duas músicas que custam a entrar, principalmente por terem orquestrações a soar bastante a midi - isto é, sintetizador de computador.

Além diso, há mais um pequeno detalhe... apesar da produção ser boa, com os instrumentos a soarem bem fortes, há um ruído que aparece e desaparece consoante as partes das músicas, um ruído talvez provocado pelo excessivo valor de distorção algures - fica a dúvida se é na guitarra ou na bateria, sendo mais perceptível quando o pedal duplo acalma e o ritmo é mais compassado. Embora consiga saturar o som e torná-lo mais denso, também acaba por provocar um indesejado burburinho que se torna massacrante após algum tempo. É um EP interessante e que tanto pode chamar a atenção dos fãs de black metal inicialmente como no final os pode afastar definitivamente. Entre as duas partes, será preferível a primeira.


Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira