• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Quando temos um EP (ou MCD, conforme lhe queiram chamar) que se propõe a expor perante o mundo black schizophrenic metal e começa com uma intro que consiste numa versão podre da "Marcha Fúnebre" de Chopin com posteriores ruídos noise, é o suficiente para se ficar curioso para ouvir o resto. O tema título deste EP é a primeira faixa a sério e traz-nos um black metal raivoso que não tem muito esquizofrénico a não ser pelo facto de ser algo musculado, indo beber alguma da sua força ao death metal. No entanto, a faixa seguinte, "Dødskyggen", já nos traz um pouco mais de dinâmica mas ainda pouco para que se considere esquizofrénico. E é por esta altura que desistimos de procurar elementos que justifiquem a designação - que foi o título do seu segundo álbum, lançado em CDr. A cover dos Mysticum, "The Kingdom Comes", enquadra-se muito bem no espírito do trabalho além de fazer jus ao original. Curiosamente é quando abandonamos a busca pelo elemento de estranheza que nos foi prometido é quando o encontramos, nas duas últimas faixas do trabalho - "Grobowa Mg³a" e "Cranium" que soam completamente fora daquilo que nos foi apresentado até então. São duas músicas que custam a entrar, principalmente por terem orquestrações a soar bastante a midi - isto é, sintetizador de computador.

Além diso, há mais um pequeno detalhe... apesar da produção ser boa, com os instrumentos a soarem bem fortes, há um ruído que aparece e desaparece consoante as partes das músicas, um ruído talvez provocado pelo excessivo valor de distorção algures - fica a dúvida se é na guitarra ou na bateria, sendo mais perceptível quando o pedal duplo acalma e o ritmo é mais compassado. Embora consiga saturar o som e torná-lo mais denso, também acaba por provocar um indesejado burburinho que se torna massacrante após algum tempo. É um EP interessante e que tanto pode chamar a atenção dos fãs de black metal inicialmente como no final os pode afastar definitivamente. Entre as duas partes, será preferível a primeira.


Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira