• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


O preconceito é tramado. Só pela amostra da capa, do logo e de um cheirinho deste segundo álbum dos chilenos Ripper, poderia pensar que este edição seria mais uma viagem ao passado com o objectivo de desenterrar uma qualquer preciosidade da música extrema. Não poderia estar nada mais distante da verdade. “Experiment Of Existence” é o realmente o segundo álbum dos Ripper com data prevista de lançamento para 4 de Março de 2016. No entanto, tem um feeling de death metal tão old school que poderíamos jurar que se trata de clássico obscuro do género lançado nos finais da década de oitenta.

Este facto tanto pode ser positivo como negativo. Garantidamente terá um impacto grande sobre os nostálgicos, porque realmente soa a clássico. Uma espécie de mistura entre os Death, Atheist e Pestilence dos primeiros tempos, com o death a misturar-se muito bem com o thrash metal bem técnico – mas daquele técnico que não passa pela masturbação e exibição gratuita dos dotes dos instrumentistas. Por outro lado, poderão haver aqueles que dirão que tem um forte sabor a bafio e que soa datado. Na nossa opinião, ambas as vertentes opostas têm uma certa razão. Soa a clássico e realmente soa datado, no entanto é o típico caso em que 1 mais 1 é igual a três.

Soa a datado e depois? Cada uma destas músicas é de uma qualidade inquestionável. Mesmo que se diga que há muito déjà vú ao ouvir cada uma destas músicas – facto que não discutimos – o que interessa é mesmo o resultado final. Embora a originalidade seja um factor importante, a forma como as músicas nos impactam deverá ser mais valorizado, afinal a música, seja de que estilo for, vive para isso mesmo. Chegar às pessoas, ter um impacto, fazer a diferença. E isso acontece aqui, logo aos primeiros segundos do primeiro tema “Magnetic’s Solar Storms” e prolonga-se até aos momentos finais da “Humanity Was Wrong”. Quando assim é… é porque temos realmente algo de especial nas mãos. E realmente temos.

Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira