• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Formados por elementos de Municipal Waste, o vocalista Tony Foresta e o baixista Landphil Hall, que aqui toma as rédeas da guitarra, os Iron Reagan apresentam, mais uma vez, o seu crossover thrash neste álbum, intitulado Crossover Ministry, o 3º álbum da banda. Sucessor de The Tyranny Of The Will, este Crossover Ministry apresenta níveis de agressividade bastante elevados, muito típicos do género que tocam.

A abrir temos uma bateria autoritária em A Dying World, com um solo de guitarra muito bem conseguido, a encaixar muito bem no rítmo da música, como que a preparar-nos para o que se segue. Tony Foresta continua com o seu registo vocal que tão bem conhecemos na sua banda Municipal Waste: agressivo, entusiasmante e cativante a cada berro que atira cá para fora, como que um murro se tratasse. Porque este Crossover Ministry é isso mesmo: um álbum que apesar não ser muito grande (tem cerca de 30min), destila rebeldia a cada riff de guitarra, a cada berro e a cada batida da bateria, nada neste álbum é deixado por acaso.

Numa das melhores músicas deste álbum Condition Evolution, verificamos um início mais thrash seguido de riffs de guitarra e bateria que nos fazem lembrar registos de Suicidal Tendencies ou mesmo uns D.R.I.. Uma das músicas que mais salta ao ouvido neste álbum, é a faixa que dá nome ao álbum: Crossover Ministry. Se queremos motivos para fazer mosh pits, stage divings e crowd surfings esta música é a desculpa perfeita: bateria bem conseguida e ainda uma guitarra algo frenética numa espécie de solo, com os backings vocals a fazerem um trabalho bastante competente ao longo da mesma. Mas os fãs mais old school não foram esquecidos, a música More War é um exemplo de como podemos combinar riffs de thrash ao estilo de uns Slayer nos seus primórdios com hardcore, porque é isso que a música nos faz lembrar ao ínicio, riffs de thrash seguidos de uma entrada da bateria simples mas apurada que tanto é usada pelos Municipal Waste e neste caso, pelos Iron Reagan.

Para finalizar, se procuram algo novo e refrescante para ouvir e descarregar energias acumuladas, sugerimos vivamente este álbum, pois não se irão arrepender.

Nota: 8.5/10

Review por Pedro Loureiro