• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Quando somos confrontados com duas coisas que, à partida, não estão interligadas como o Thrash Metal e o humor, pensamos imediatamente na banda Lich King. Oriundos dos Estados Unidos, estes lançam agora o seu 5º álbum de estúdio, de forma independente.

De facto, são por muitos tomados como uma “joke band” devido ao conteúdo, por vezes, sarcástico e humorístico das suas músicas. Deste modo, se há algo que a banda mostrou, com a nova ida ao estúdio, é que estão aqui para ser levados a sério e não aceitam ser olhados como uma piada. 

Assim, o álbum abre na perfeição com a música “ Weapons Hot”, uma faixa instrumental de puro Thrash Metal, colocando o ouvinte no ambiente indicado para ouvir este trabalho. De referir ainda os riffs rápidos e agressivos, que, juntamente com a bateria, apresentam os pontos mais fortes do álbum. 

Além disso nota-se, claramente, que as principais inspirações desta banda são os Big 4 da Bay Area, principalmente os Slayer, visto que algumas das músicas presentes neste disco poderiam, com facilidade, estar incluídos em álbuns clássicos desta banda. 

Apesar de toda a velocidade e peso presentes neste álbum, a faixa “Civilization” parece saída de um álbum completamente diferente, com puras influências de Heavy Metal Clássico e, em algumas partes, doom metal.

The Omniclash tem todas as características para poder ser, no futuro, considerado como um clássico do movimento do re-thrash, ao lado de bandas como Havok, Gama Bomb e Toxic Holocaust, lançando estes assim, a meu ver, mais um excelente álbum.

Nota: 8.5/10

Review por João Coutinho