• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Reviews Mais Recentes

Uada - Cult of the Dying Sun


Occultum - In Nomine Rex Inferni


Monolithe - Nebula Septem


Morag Tong - Last Knell of Om


Haunted - Dayburner


Djevel - Blant Svarte Graner


Raw Decimating Brutality - Era Matarruana


Czort - Czarna Ewangelia


Kinetik - Critical Fallout


Dopethrone - Transcanadian Anger


Abhor - Occulta ReligiO


Refuge - Solitary Men


Sevendust - All I See Is War


Black Fast - Spectre of Ruin


Sleep - The Sciences


Tomb Mold - Manor of Infinite Forms


Taphos - Come Ethereal Somberness


Wrath Sins - The Awakening


Judas Priest - Firepower


Bleeding Through - Love Will Kill All


Ihsahn - Àmr


Alkaloid - Liquid Anatomy


Filii Nigrantium Infernalium - "Fellatrix


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































The Sword vão entrar num hiato

Corte quase fatal no futuro dos The Sword, uma vez que a banda texana anunciou há dias que fará uma pausa, embora tenha lançado ainda em março (...)

Hate Eternal lançam áudio de "Nothingness of Being"

A banda de death metal irá lançar o novo álbum, Upon Desolate Sands, a 26 de outubro através da Season Of Mist. Depois de desvendar (...)

Alterações no alinhamento do Festival Bardoada e Ajcoi

O Festival Bardoada e Ajcoi anunciou a substituição de duas das bandas previamente confirmadas. (...)

Marky Ramone em Portugal no próximo mês

O veterano Marky Ramone tem dois espectáculos marcados para o nosso país, que serão nada mais, nada menos, do que o warm up para o Lisbon Tattoo Rock Fest 2018. (...)

Behemoth lançam nova música "Wolves Ov Siberia"

"Wolves Ov Siberia", o novo vídeo de Behemoth, pode ser visto acima. A música faz parte do próximo álbum da banda, "I Loved You At Your Darkest", (...)


Numa noite de celebração, onde a loja Clockwork Store comemorava o seu 20º aniversário, a República da Música recebeu The Levities, Crossed Fire e Sam Alone & Gravediggers como convidados de luxo para festejar a ocasião.

Foi com uma República da Música ainda bastante vazia que se iniciou a actuação dos The Levities. O quarteto misto, oriundo de Lisboa, veio apresentar o seu Indie Punk, com o álbum “Dead Bouquet” na bagagem. Apesar de terem tocado para pouca gente, a banda fez o seu papel, dando um concerto competente, despertando boas reacções por parte de alguns dos presentes. Com uma sonoridade a fazer lembrar bandas como The Cramps ou Black Flag, apesar de não trazerem algo propriamente de novo, mostraram-se bastante capacitados naquilo que fazem. Uma banda a acompanhar, para perceber até que ponto serão capazes de evoluir.

De seguida, directamente do Algarve, chegaram os Crossed Fire. A apresentar o seu mais recente álbum “Life´s A Gamble”, trouxeram uma grande dose de energia a Alvalade, dando aos presentes um concerto repleto de peso e boa disposição. Focado sobretudo neste novo álbum, houve ainda tempo para revisitar o EP de 2012, “Its All About Chaos”, deixando a sala a aplaudir uma excelente prestação, de uma banda que denota talento e especial capacidade para tocar ao vivo. Já com um videclip lançado para o tema “Got the Medicine”, é de esperar uma grande evolução por parte da banda nos próximos tempos, demonstrando qualidade para se tornar num dos nomes de referência no underground metálico nacional.

Mas o nome mais aguardado da noite era Sam Alone, que entrou em palco acompanhado pelos amigos Gravediggers. Com uma sala melhor composta (apesar de longe de estar cheia), foram cerca de duas horas de concerto que tornaram impossível a quem o presenciou a ficar indiferente. Também com novo álbum na bagagem, e a fazer a apresentação do mesmo, Sam Alone e a restante banda interpretaram grande parte dos novos temas de “Tougher than Leather”, sendo estes muito bem recebidos, demonstrando que temas como “Shadow of the Hero”, “Sacrifice” ou a própria faixa título têm tudo para se cimentar como temas essenciais no catálogo deste projecto a solo do vocalista dos Devil in Me. Houve ainda incursões ao passado, visitando todos os trabalhos do músico, sendo de destacar, entre outras, “Deathprof” ou “Sinner” do primeiro álbum de originais “Dead Sailor”, “Restless Soul” e “Guilotine” do EP “Restless”, ou “Gallow” e “Warm” do anterior “Youth in the Dark.” Tempo ainda para algumas covers, onde é impossível não referir a surpreendente, mas muito bem-vinda “Drunfos” do rapper Allen Halloween. Soberbo.Numa noite bastante fria, contrastou o calor que se viveu dentro da República da Música, fruto de grandes concertos por parte das bandas, em especial de Sam Alone & the Gravediggers. Se é verdade que a sala esteve, de certa forma, algo vazia, talvez este facto tenho contribuído para que o que lá se tenha vivido tenha sido mais íntimo e especial. Não faltou boa disposição, e no final era inegável que os presentes saíram de Alvalade com um sorriso na cara. Uma excelente noite, onde o clima de festa e satisfação predominaram. 

Texto por Pedro Reis
Agradecimentos: Hell Xis