• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


As subsidiárias da Pure Steel Records são mais que muitas, o que garante uma boa abrangência dentro do espectro do heavy metal tradicional. Uma dessas subsidiárias é a Pure Rock Records, embora, verdade seja dita, este projecto levado a cabo encaixaria melhor na Pure Prog Records. E porquê? Porque este álbum dos Starquake, projecto criado pelo compositor e multi-instrumentalista Mikey Wenzel (que, segundo o press-release, tem muita experiência embora o mesmo omita precisamente em que bandas essa experiência foi adquirida), começa logo com um grande esplendor progressivo da década de setenta com a “Scenes From A Revolution”. Nomes mais antigos como Yes (sem a exuberância majestosa dos britânicos), Deep Purple e Uriah Heep da década de setenta, Marillion da década de oitenta e outros mais recentes como Spock’s Beard vêem-nos à mente.

O som é sem dúvida fruto de outra época, e os nomes atrás evocados são apenas referências para as épocas e o tipo de som que evocam, porque também existem alguns apontamentos mais heavy metal, próprios da tão chamada NWOBHM, como os solos de extrema inspiração do épico de vinte e um minutos “Rise And Fall”, sem dúvida o grande atractivo deste trabalho. Apesar da qualidade óbvia de certas faixas, não deixa de ficar a sensação de que como álbum este é um trabalho que sofre pela sua excessiva duração. Não que não gostemos de álbuns com mais de setenta minutos, mas quando tal duração faz com que a apreciação do álbum em si sofra, seria melhor deixar algumas faixas de fora, nomeadamente aquelas após o mencionado épico, que nos surge à quarta faixa.

Variado, intenso, longo e com um certo sabor vintage que hoje em dia é muito apreciado, “Times That Matter” é um álbum mais indicado a fãs de música progressiva, principalmente aquela que foi feita na década de setenta e parte da década de oitenta, do que propriamente para os que apreciam rock puro e duro. É um álbum desequilibrado no alinhamento. Depois da “Rise And Fall” fica-se apenas com vontade de ouvir vezes em conta essa faixa, e tudo o resto nos parece filler. De qualquer forma, este trabalho demonstra um enorme talento e se for para continuar, estes Starquake vão nos surpreender ainda mais no futuro.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira