• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Hardcore! Antes de ser moda, antes de ser em alguns casos específicos uma autêntica praga, o hardcore já existia e em grande parte das suas encarnações de forma pura. Os exemplos portugueses são bastantes de bandas que fazem parte da história da nossa música pesada – e aí incluímos todos os géneros porque a questão das tribos se não fazia sentido no passado, agora muito menos fazem. Linda-A-Velha foi um dos grandes centros do hardcore nacional – não desvalorizando todas as outras propostas que surgiram doutras zonas do país.

Os Mordaça surgem como justos representantes da zona de Linda-A-Velha e apesar deste ser apenas o seu segundo álbum de originais, a sua prestação em cima dos palcos já é lendária. “Sempre A Lutar” – e que melhor título para um álbum de hardcore nacional que representa, tal como é próprio da sua génese, a denúncia das dificuldades e atrocidades sociais a que o povo está sujeito? – surpreende logo pela sua produção forte a que não se fica a dever em nada ao que nos chega lá de fora. Produção forte mas orgânica que não distrai da mensagem, pelo contrário, reforça-a pelo intensidade do seu peso. “Demência” é uma abertura de luxo num álbum que promete fazer história dentro do seu género.

Há aqui muitos petardos e muitos dedos apontados, sendo que “Ovelha Mansa”, com a participação de Inês Menezes, dos Nostragamus, no refrão é aquele que toca o dedo na ferida, um tema quase profético tendo em conta os resultados das últimas eleições e os níveis elevados de abstenção. “Síndrome Do comodismo”, “De Olhos Fechado”s e o tema título são outras boas representações do espírito crítico e combativo dos Mordaça. Mesmo para aqueles que não gostam de retirar sentido das letras, musicalmente “Sempre A Lutar” é um álbum forte de hardcore onde todas as músicas se revelam viciantes, sem deixar de ter um solo com bastante feeling aqui e ali. Bem vindos de volta, esperemos que não fiquem ausentes tanto tempo como até aqui, mas se ficarem… fica a mensagem: “Sempre A Lutar”!


Nota: 8.5/10


Review por Fernando Ferreira