• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)



Apresentar o Tó Pica ao público do Rock/Metal Português é equivalente a tentarmos esconder o Padrão dos Descobrimentos e fingir que ele nunca existiu, porém, todos sabemos que tal não corresponde à realidade. Haveria, por certo, muito para dizer, mas o mais relevante é afirmar que o Tó Pica é dos poucos músicos nacionais que incarnam o perfil de Guitar Hero na perfeição, esteja integrado ou não em bandas, há que assumi-lo, sem vaidades e sem complexos!

Perante esta introdução, não é surpresa nenhuma estar face a um disco a solo do mesmo. Deste modo, em tom tipicamente provocador e, também, de escárnio, a questão é lançada para o nosso recinto acústico. “Is This the Best You Can Do?”

Ao todo são 10 temas originais e uma versão dos Pendullum (“The Tempest”) com corpo, alma e espírito, onde a musicalidade criativa se complementa com a visão artística, dando as duas origem a um todo coeso e sublime. Que me desculpem os vários participantes deste trabalho, por não vos mencionar a todos, mas a vossa excelente participação nos temas apenas reforça o poder do seu Autor enquanto condutor do seu veículo Hard’n’Heavy, demonstrando pleno controlo dos seus limites, sendo que estes são permanentemente inconstantes e consequentemente mutáveis. Como tal, este álbum não é feito de momentos isolados, muito pelo contrário este disco é um sólido e multifacetado documento de identidade onde toda a linguagem verbal e musical encaixa na perfeição, eliminando as barreiras existentes e diluindo as ditas diferenças que nos separam.

E é neste limite que “Is This the Best You Can Do?” fica. Tal como Henry Kissinger a colocou, também aqui se ouve o seu eco e em jeito de questão final pergunta-se, será este disco mais um exemplo do melhor que se faz em Portugal e que está condenado a ficar retido apenas no mundo do Metal? Sinceramente, espero que não, pois este registo tem tudo para abrir portas, janelas e claraboias em todos os cantos da música por este mundo fora. Dêem vocês, também, o melhor nesta missão!

Nota: 9/10

Review por Pedro Pedra