• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os Suicide Silence seguiram em frente após o desaparecimento do seu vocalista e aquilo que poderia ser o fim para muitos foi usado para um renascimento (mais metafórico e espiritual do que propriamente sónico) que fez com que "You Can't Stop Me" conseguisse agradar até mesmo aqueles que não são grandes fãs da banda. Esse sucesso repercutiu-se pelas apresentações ao vivo sobretudo na digressão com os Cannibal Corpse que cimentou ainda mais esta opinião. "Eddie" Hermida foi recebido de braços abertos tanto pelos fãs como pela crítica e este EP é apenas o reconhecimento da boa fase da banda.

Chamamos de EP quando na verdade a estrutura é mesmo de single, onde o tema título surge por quatro vezes. Versão original do álbum, versão ao vivo, versão remix e versão instrumental. Para quem não gosta tanto assim de deathcore, será recomendado a versão instrumental. Quanto aos fãs da banda conseguiram apreciar as versões ao vivo do tema título, da "Inherit The Crown" e da "Cease To Exist". Qualquer dos dois grupos dificilmente gostará da remistura, já que é pura música electrónica, que não é mais do que um filler. É um EP interessante e um prémio para a banda (e seus fãs) pelo bom momento que está a atravessar. Recomendado apenas aos fãs die-hard.


Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira