• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Já por algumas vezes temos falado aqui nestas páginas do fenómeno retro, normalmente associado à década de setenta e ao hard rock. Desta vez vamos avançar apenas um pouquinho no tempo e falar da áurea era para a música pesada da New Wave Of British Heavy Metal que nos trouxe nomes como Iron Maiden, Saxon e Def Leppard. No entanto existe um vasto naipe de outros nomes da época que os Roxxcalibur fazem questão de não ficarem esquecidos e enterrados – não necessariamente esquecidos. E a pergunta que se impõe é…

“Quem raio são os Roxxcalibur?”

Basicamente, uma banda de covers. Composto por metal experiente da cena alemã, os Roxxcalibur surgiram como homenagem a uma cena que consideram querida, sentimento partilhado por muitos fãs de heavy metal. O próprio nome da banda é baseado na famosa compilação “Roxcalibur” que tanto impacto teve na cena. Pode parecer incrível mas este “Gems Of The NWOBHM” é já o terceiro álbum da banda (o primeiro foi “NWOBHM for Muthas” e o segundo “Lords of the NWOBHM” – estão a notar um padrão?) e traz-nos mais catorze versões de temas clássicos de algumas bandas mais conhecidas que outras, mas todas representativas da cena.

Na realidade, grande parte das bandas aqui representadas são desconhecidas, tirando os Budgie (que também não se pode dizer que pertencem à cena em questão, já que começaram a carreira bem antes do início do movimento). No entanto é a qualidade dos temas que interessa e essa é enorme. O que os Roxxcalibur estão a fazer na prática é serviço público, disponibilizando para novas gerações nomes e músicas (mesmo que sejam versões) que estavam entregues à obscuridade. Por isso só, temos metade da nota que damos a "Gems Of The NWOBHM". O resto é referente à produção apropriada e às rendições de qualidade superior. Indispensável a qualquer fã de heavy metal tradicional.


Nota: 8.5/10

Review por Fernando Ferreira