• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Circus Maximus até poderá ser um nome desconhecido para alguns, mas os mais atentos ao metal progressivo de certeza que os têm como um nome forte da cena progressiva norueguesa (ou porque não dizer escandinava). Depois de quatro anos de ausência, a banda regressa através da mão sempre atenta da Frontiers que nos prova de que nem só de hard rock ou rock fm vive a editora italiana que tem sido a casa da banda desde o anterior trabalho “Nine” que já data de 2012.

Para quem se queixa que o som dos Circus Maximus é demasiado limpinho então precisa de ouvir urgentemente um malhão como o tema título que é a faixa mais imediata e também é um grande tema energético e viciante. Mas esse não é o foco da banda, sendo que os temas levemente emocionais (e por emocionais também se entende e enquadra o termo feeling, que transmite muito mais do que aquilo que a tradução da palavra nos diz) são por excelência a praia da banda e aqui podemos comprovar isso mesmo através de temas como “Loved Ones” e “After Fire”.

Já é chover no molhado dizer que a banda é exímia no domínio dos seus instrumentos e na arte da composição de grandes temas que conjugam emoção, peso e melodia com uma capacidade incomum, onde músicas com tiques pop como “Remember” (que poderia estar a passar nas rádios que não iria causar estranheza a ninguém) convivem igualmente bem com outras algo mais complexas como a faixa de abertura “The Weight”, sendo que a melodia é o ponto comum a todas elas. “Havoc” é um álbum que exige muitas audições, não porque não entra mas porque começando a ouvir, não conseguimos parar – aquela última música então é algo de mágico.


Nota: 8.4/10

Review por Fernando Ferreira