• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Há qualquer coisa nas bandas que cantam em castelhano de forma zangada à qual não conseguimos resistir. Uma espécie de brujerismo galopante. E esse é o principal encanto que os Mano Humana nos transmitem com o seu álbum de estreia. Um death metal javardo, tal como os Brujeria e sem esquecer os ritmos e groove do thrash metal e até um certo apelo ao modernismo que acabam por nos aproximar logo à primeira por este conjunto de músicas, sem grandes dificuldades.

Não é, no entanto, um terreno muito fácil de pisar sem se escorregar. A banda chilena, tal como os seus conterrâneos Criminal, agora radicados em Espanha e aqui analisados recentemente a propósito do lançamento “Fear Itself”, acaba por cair num beco sem saída que não é fácil de deixar para trás. Por um lado temos um género que está visto e revisto, por outro temos o facto de mesmo que não estivesse visto e revisto, é um género que acaba por se repetir um pouco conforme as músicas se vão sucedendo. Felizmente, isso não acontece muito por aqui.

Existem aqui alguns momentos de dinâmica que até acabam por surpreender, como a espécie de balada “Arbol” e outros momentos mais elaborados como “Grito en Silencio”. No entanto, o ponto forte da banda é mesmo a raiva com que surgem neste álbum. Claro que a longo prazo, apenas energia não chega e ficamos sempre insatisfeitos e a pedir por mais, no entanto é esse benefício da dúvida que vamos dar aos Mano Humana. Se esta fosse a passagem a uma fase seguinte num desses programas de televisão de talentos, seria passar para ver no que vai dar. Assim estamos nós, vamos ver o que é que nos vão trazer no futuro. Por agora é satisfatório.


Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira