• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


John Doe é um trio espanhol (com origens de Córdoba, mais concretamente) e que têm aqui com este "Volumen 1" a sua introdução aos registos discográficos. E que introdução! "Volumen 1" é um trabalho que nos faz acreditar que o rock, não interessa quanto tempo passe, é mesmo imortal, principalmente quando é tão bem tratado como aqui, neste álbum de estreia. São sete temas que nos mostram tanto o lado mais forte do rock ("Dos Extraños"), como também o groove ("Llave Del Paraíso") e até um certo sabor a progressivo ("Recuerdos", o primeiro tema do álbum) e até um certo lado mais sensível sem entrar necessariamente pelos caminhos mais lamechas ("Olvido").

E, como já devem ter reparado pelo nome das músicas, aqui a língua é o castelhano e para os mais resistentes e com dificuldade em largar o vício anglo-saxónico que foi implementado desde sempre tal qual uma lavagem cerebral condicionada, o que temos a dizer é que a música é mesmo uma linguagem universal e o resto são tretas. Este é um álbum de puro rock mas invulgar, onde a abordagem e o resultado é bem mais importante do que qualquer tipo de condicionalismo comercial (grande parte das músicas têm mais de seis minutos e nem um minuto a menos deveriam ter).

Uma boa estreia de uma banda dos nuestros hermanos que nos mostram como é (ou pelo menos parece ser) fácil lançar em 2016 um bom trabalho de rock, cheio de feeling e sobretudo alma, sem concessões. Uma espécie em extinção julgávamos nós mas enquanto tivermos bandas como estas a surgir então podemos estar seguros que a espécie deixa de estar ameaçada. A pergunta que nos fica é... para quando uma banda destas a cantar em português?!


Nota: 8.5/10

Review por Fernando Ferreira