• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Estreia dos finlandeses Crimson Sun, que apesar de já terem uma carreira algo longa, inclusive com outras designações, apenas agora chega ao primeiro álbum. E o que é que se pode esperar daqui? Metal moderno melódico. Poderá ser uma designação muito vaga, mas é a que melhor descreve o que se pode ouvir ao longo destas 10 músicas. Sendo liderados por uma voz feminina e seguindo o padrão do que estamos acostumados a ouvir, é de esperar toques sinfónicos e orquestrais, que até não surgem em demasia, e o ponto onde somos surpreendidos agradavelmente é mesmo no peso das guitarras, que apesar de modernaço, é efectivo.

A parte do modernaço está entregue sobretudo à parte electrónica. Se este tipo de solução pode soar por vezes um lugar comum demasiado fácil de utilizar, apenas porque sim, mas neste caso, esse efeito justifica-se pela qualidade das ambiências criadas. O forte, no entanto, está mesmo nas músicas em si, que são apelativas e entram bem, mesmo que, infelizmente, não permaneçam durante muito tempo. “Eye Of The Beholder”, “Portrait Of A Ghost” e “Enter The Silence” são bons exemplos disto.

É daqueles discos que até custa a falar mal porque tecnicamente não tem nada de errado. Instrumentalmente seguro, com a voz de Sini Seppälä a brilhar sem cometer exageros ou na tentação de ir para o registo operático que nem sempre resulta, este é um trabalho que apenas peca por não conseguir cativar de forma mais forte à primeira e por não conseguir prolongar o impacto que tem ao longo da sua duração e até após a mesma. Para quem gosta das coisas mais melódicas, não será complicado dedicar-lhe algumas audições até que efectivamente fique, mas não é seguro que isso aconteça.


Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira