• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


E dá-lhe com black metal javardo! Esta pode muito bem ter sido a premissa que os músicos suecos dos This Gift Is a Curse tiveram para a construção do seu segundo álbum. Não que essa javardeira lhes seja estranha, até porque desse mal já sofre a estreia “I, Gvilt Bearer”, felizmente para quem gosta destas coisas sujas e negras. Bem, “All Hail The Swinelord” surge com essa expectativa e cumpre-a totalmente. “Swinelord” – e que designação decadentemente brilhante – é a apresentação que tem com este trabalho e deixará pouco espaço para manobra para quem gostar de black metal e não tinha grandes expectativas para este trabalho ou a própria banda. Terão que ficar, obrigatoriamente, viciados.

Quando se fala em javardeira negra, pensa-se logo em Anaal Nathrakh e é tentador juntar os This Gift Is A Curse à mesma pandilha, mas tal também seria profundamente incorrecto. Embora ambas tenham uma negritude apreciável e um caos sonoro inegável, os suecos sem dúvida que são um pouco mais tradicionais e conseguem atingir a sua dose insuportável de claustrofobia mostrando que existem vários caminhos para a perdição sonora. Seja por uma abordagem mais directa e violenta (“New Temples”  e “We Use Your Dead As Vessels”) ou por outra surpreendentemente melódica e hipnótica (como a excelente “XI For I Am The Fire”).

De uma forma ou de outra, “All Hail The Swinelord” é muito eficaz na forma como consegue capturar logo à primeira e ainda conseguir acrescentar mais qualquer coisa audição após audição. É certo que mesmo sendo um pouco mais tradicionais que uns Anaal Nathrakh, também conseguem desviar-se com graça à norma daquilo que é entendido como black metal – ou seja, poderá levar a que alguns mais sensíveis a experimentações não vejam com bons olhos a sua proposta. Problema deles. Este é um álbum para mergulhar e ir cada vez mais fundo a cada ocasião.


Nota:
8.4/10


Review por Fernando Ferreira