• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


“Gunpoint” faz-nos pensar que estamos de volta a 2001 novamente. Se andamos hoje em dia tão fartos de metalcore e derivados – principalmente pela falta de ideias apresentadas por cada nova proposta que nos chega, apoiadas em regras estabelecidas por outras que realmente devem ser valorizadas – o que dizer do nu-metal que assim que apareceu tresandava a pobreza musical, apoiando-se em vernáculo gritado por cima de ritmos de guitarra e baixo afinados uns tons mais graves que o normal?

Pois é, Os One Year Delay chegaram com atraso de 15 anos e nem é necessário ouvir este trabalho muitas vezes para se chegar a essa conclusão. Na realidade, nem é necessário ouvi-lo por inteiro. Este álbum de estreia da banda grega é co-produzido e misturado por Tobin Wright que já trabalhou com bandas como Korn e Sevendust, facto que não nos surpreende nem um pouco. Não se pode dizer que “Deep Breath” é um mau álbum, mesmo para um álbum de nu-metal. Não é dos típicos casos em que temos alguém a usar certos tiques ou fórmulas apenas para conseguir entrar nalguma moda – neste caso numa moda que mesmo antes de estar morta já cheirava mal. Há um foco nas músicas em si e isso nota-se em “Truth Dare Dispair” e “Miss You” duas abordagens distintas dentro do mesmo estilo.

O sentimento que fica no final é o que já foi descrito atrás: isto é água que já passou debaixo da ponte há muito tempo – e por falar nisso, a “Water Under The Bridge” que é de longe o melhor tema desta proposta, tem um feeling a Pist.On misturado com Alice In Chains, que chega quase a ser doom. Quase… não se excitem. Há potencial para muito mais, resta saber a direcção agora adoptada pela banda grega, mas seria talvez saudável deixar para trás todas as referências bafientas ao passado e apostar em algo mais fresco. Algo mais deles.


Nota: 5/10

Review por Fernando Ferreira