• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Após uma primeira parte, espera-se sempre uma segunda. Não se esperava era tão cedo. A banda de metal progressivo alemã que tinha um ritmo de lançamento de um novo álbum a cada quatro anos, regressa apenas um ano depois após o excelente “Chronicles Of the Immortals: Netherworld (Path 1)”, com a segunda parte da história iniciada em 2014. Relembrando capítulos de cenas passadas, este projecto é elaborado em conjunto com o escritor best-seller Wolfgang Holhbein, depois do mesmo ter sido adaptado para o teatro de forma bem sucedida, empreitada que contou com a participação de Andy Kuntz, o vocalista dos Vanden Plas. E o resto é história.

Para se ser sincero, e ao contrário do que acontece normalmente com os álbuns conceptuais, este é um álbum cuja história não é o principal ponto, pelo menos perante a música. Qualquer álbum que dos Vanden Plas, mesmo que seja um trabalho conceptual sobre a história de um caracol a atravessar a estrada de um deserto alentejano e as dificuldades que tem para não cozer nos asfalto. E este é um ponto inabalável. Para brinde, o conceito em causa não envolve tal tarefa hercúlea por parte de um simpático rastejante, o que torna este álbum ainda mais saboroso de ouvir.

Mais do que focar a sua atenção numa narrativa e descurar a parte musical, ou focar a atenção na exibição das suas imensas habilidades musicais, este é um trabalho de equilíbrio de mestre em que a banda foca a sua atenção em criar músicas de extremo bom gosto, mesmo que isso inclua um épico gigante como “Blood Of Eden” com os seus treze minutos ou baladas singelas como a emocional “Where Have The Children Gone”. Esta riqueza é a marca registada da banda que continua intacta aqui. Os Vanden Plas continuam A banda de topo da Alemanha no que ao metal progressivo diz respeito e também uma das maiores a nível europeu, embora para isto não fosse necessária a confirmação deste que é o seu oitavo álbum de originais.


Nota: 8.5/10

Review por Fernando Ferreira