• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Brothertiger é um projecto de música electrónica que tem por trás John Jagos e pode resumir-se a um espaço temporal: década de oitenta. Ouvir qualquer um destes dez temas é como voltar à década de sonho para muitos dos apreciadores de música, principalmente aqueles que gostam de música pop. John Jagos é nitidamente uma dessas pessoas, já que é impossível não associar temas como "Beyond The Infinite", "Wake" e "Fall Apart" onde nomes como Duran Duran, Sting (a "Jungle Floor" então...) e A-ha nos vêm à memória, isto sem propriamente ter algumas das suas características mais exuberantes.

Ou seja, é uma mistura entre música pop e chill out, o que faz com que este trabalho possa ser apreciado pelos leitores que gostam de ambient/chill out. Que não existam enganos, a base é pop mas sem dúvida que há por aqui alguns elementos que fazem com que cada uma das músicas de "Out Of Touch" tenha um forte feeling boa onda. Há também um forte sabor low profile que faz com que este trabalho seja ainda mais apetecível. Soa adoravelmente genuíno e não apenas o próximo plano infalível para dominar os tops e as rádios de todo o mundo.

É a sua leveza e, mais uma vez repetindo o termo, a sua boa onda que faz com que estas músicas sirvam para libertar a mente de stress. Claro que para alguns, este tipo de música (synth pop) é coisa para criar stress, mas partindo do princípio de que existe uma resistência e até apetência por este género de música, então esta é uma viagem que deve ser encetada, sem pontos fracos ou aborrecidos. Surpreendentemente bom.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira