• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os norte-americanos Thera Roya têm neste “Unraveling” o seu segundo EP, o primeiro lançado este ano. A banda opera nos limites do sludge/doom e do pós-metal e na sua mistura com algum psicadelismo próprio dok rock mais aventureiro da década de setenta. Composto por três longos temas, o que há a destacar neste EP é a sua aura intensa e negra. Além de ser avassaladora, é constante, mesmo nos momentos de suposta maior calmia – há sempre qualquer coisa que nos diz que algo não está bem. Se fosse um filme de terror, alguém estaria prestes a levar com uma machadada.

A mistura destes dois mundos - que não é de todo nova - resulta particularmente bem na "Body Breaker", onde a banda consegue passar por diversos estados de espírito, sendo que o seu final leva-nos a um sítio completamente diferente daquele que nos é apresentado no início. Não é música agradável de ouvir. O trio surge-nos sujo, feio, agressivo e particularmente desconfortável. Ou seja, potencialmente tem tudo para que seja um EP que nos agrade, no entanto, parece faltar algo. Ou parece estar algo a mais. É um pouco da sensação atrás descrita, se fosse um filme de terror, o ouvinte estaria prestes a levar com uma machadada.


Nota: 6/10

Review por Fernando Ferreira