• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Quem ouvisse o groove roqueiro sulista da "Early Morning Love Affair" não faria a ideia de que a banda é proveniente da Noruega. Poderíamos jurar mesmo que era orienda de alguma cidade do sudeste dos E.U.A., não fosse o stoaque do vocalista Thomas Espeland Karlsen escapar´de vez em quando.. Na realidade, não interessa nada de onde é que a banda vem. O que interessa é que o groove aqui contido é mais que muito e o feeling para a coisa também. O som moderno não deixa enganar de quando é que este material foi registado mas existe aqui um pezinho nas décadas de setenta e oitenta, sem qualquer sombra de dúvida.

O facto de parecer ter saído dos E.U.A. também faz com que o seu público alvo seja aqueles que gostam de coisas como Lynyrd Skynyrd, The Allman Brothers e outras coisas do género. Apesar da moda retro ainda andar por aí em força, este poderá sair um pouco ao lado já que a tendência é para ir buscar as influências ao rock e hard rock que se fazia mais para os lados da Europa. De qualquer forma, se agrada a fãs de bandas como Zodiac e Kadavar, não será muito longe do que ouvimos aqui. Malhas como "The Getaway" e "Where Can Love Go Wrong" rockam como tudo e nem se pode dizer que tenham os níveis energéticos elevados. É mesmo o groove e charme sulista (vindo da Noruega, não deixa de ser irónico) que espalham.

Estamos fartos de dizer que é preciso olhar para a frente, deixar de olhar para trás, para que consigamos evoluir mas quando surgem obras assim, torna-se um pouco complicado. Não é no entanto perfeita. Faltam mais músicas fortes, faltam temas que nos obriguem a dispersar a atenção com outras coisas As raízes blues, misturadas com o típico rock norte-americano podem até perfazer as medidas de todos os que cresceram a ver filmes norte-americanos, principalmente os road movies, mas é necessário algo mais que isso. Mesmo em temas como "Homebound" - ambas as partes - e "Walk Away", uns dos melhores do álbum, fica-se com a ideia que falta algo. Lançado no ano passado na Noruega e com a distribuição mundial apenas este ano, este é um álbum que consegue causar um bom impacto, embora fosse necessário com que ele fosse mais duradouro.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira