• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os The Black Wizards são uma grande banda e pronto! Podem vir cá com tretas que é tudo retro, soa tudo ao mesmo, mas a verdade é que a boa música (como já nos fartámos daqui de afirmar em ocasiões anteriores e vamos continuar a dizer até que nos falte a voz) é imortal. A forma de avaliar a boa música também é sazonal e não se quer ter a arrogância de dizer que a forma como a apreciamos é a mais correcta, mas seja aqui ou na China, agora ou na Idade Média, este "Lake Of Fire" é um álbum obrigatório para quem gosta de bom hard rock, cheio de fuzz e com muito feeling.

É o que temos aqui, sem tirar nem pôr. Esta é música que nos transporta para uma outra época, para um outro mundo. E fá-lo com uma descontração impressionante. Parece que é fácil. São oito temas que descambam quase todos em ambiente de jam, que parece que foram registados enquanto estavam a tocar, sem toques, sem retoques, sem overdubs, sem tretas nenhumas. Apenas com o feeling honesto de como a música deveria toda soar e é a esse feeling honesto que malhões como "Pain", "Waiting For A Train", "Gypsy Woman" e "Wicked Brain" soam.

Para se ser sincero, é parvo destacar qualquer música que seja porque do início ao fim, este álbum é excelente. A voz de Joana soa como uma assombração da década de sessenta que nos vem visitar - e que bem vinda é a sua visita - enquanto instrumentalmente, tudo se conjuga na perfeição, sem que exista, mais uma vez se reforça, espaço para qualquer tipo de artificialismo. O som pode estar alg abafado, poderia ser melhor, mais claro mais límpido, mais cristalino, mas se assim fosse, não teria se calhar tanta qualidade como tem. Música do coração para o coração daqueles que têm a música como uma parte da sua vida. Orgulho por Portugal ter uma banda assim!


Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira