• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes

Symphony X - Underworld




Riverside - Love Fear And The Time Machine




Amorphis - Under The Red Cloud





Flayed - Monster Man




Ivanhoe - 7 Days




Elferya - Eden's Fall




Spektr - The Art To Disappear




Rab - Rab 2




Exumer - The Raging Tides




Tales Of The Tomb - Volume One Morprhas




Dimino - Old Habits Die Hard




Roxxcalibur - Gems Of The NWOBHM





The Fifth Alliance - Death Poems




Augrimmer - Moth And The Moon




The Great Tyrant - The Trouble With Being Born




Weeping Silence - Opus IV - Oblivion




Watercolour Ghosts - Watercolour Ghosts




Hexx - Under The Spell/ No Escape




Deseized - A Thousand Forms Of Action




Razor Rape - Orgy In Guts




Sadist - Hyaena




Xandria - Fire & Ashes




Alien Syndrome 777 - Outer




Asylum Pyre - Spirited Away




Canyon Of The Skell - Canyon Of The Skull




Chron Goblin - Blackwater




Extreme Cold Winter - Paradise Ends Here

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



















Entrevista aos Wintersun

Os Wintersun estão de volta mas só acede ao novo álbum “The Forest Seasons” quem participar na campanha de crowdfunding que se iniciou no dia 1 de março e que terminará no dia 31 do mesmo mês. (...)

Vallenfyre revelam detalhes do novo álbum

O próximo álbum dos Vallenfyre, intitulado "Fear Those Who Fear Him", será lançado a 2 de Junho pela Century Media Records. O 3º álbum da banda foi gravado (...)

Hail Of Bullets chegam ao fim

A guerra dos Hail Of Bullets chegou ao fim. A banda holandesa colocou um término na sua luta e para a história ficaram álbuns como "...of Frost and War", (...)

Novembers Doom lançam novo vídeo

Os Novembers Doom, banda oriunda de Chicago, acaba de lançar um novo vídeo com a letra. Retirada do seu décimo álbum, “Zephyr”, foi, desta feita, a escolhida.(...)

Testament preparam lançamento de novo álbum e livro

Apesar do seu último álbum "Brotherhood Of The Snake" ter sido lançado há apenas cinco meses, os Testament encontram-se já a trabalhar no seu sucessor. A revelação surgiu numa entrevista(...)


Vamos viajar? É aquilo que a primeira faixa deste "II", "Profondo Rosso", quer realmente dizer. Temos onze minutos de rock lento, a atirar para o psicadélico que faz com que apeteça ao ouvinte queimar alguma coisa para inalar. Nem que seja salsa. Mas chamar "II" de rock psicadélico é simplificar o que não pode (ou pelo menos não deve) ser simplificado. Não é que o som da banda seja complexo em termos de estrutura ou de malabarismos técnicos no que à instrumentação diz respeito. É denso. Tem várias camadas de diferentes coisas.

O já citado primeiro tema, por exemplo, começa com aquela nuance de rock psicadélico e vai crescendo até lá para metade dos seus onze minutos dispersa para algo que mistura em igual medida coisas que poderiam estar num álbum de noise rock ou de new wave/ambient, isto para depois voltar ao ponto inicial com reforçada intensidade - muito graças também à abordagem da voz. É um primeiro tema de peso que nos deixa logo fisgados. E não é um acidente de percurso enquanto caminhamos por este segundo trabalho dos suiços Forks. "Silencio", o tema que se segue, também usa o mesmo truque do crescendo, mas este é bem mais hipnótico (aquele ritmo de baixo que acompanha por quase onze minutos fica gravado na nossa psique).

"Sarah-Jane", o terceiro épico (12 minutos), é mais assumidamente rock e new wave podendo fazer parte de um qualquer grupo da vanguarda mais de trinta anos atrás. Mais uma receita para um bilhete de ida para algures no espaço. "Sunday Machine" é o tema mais curto deste trabalho e é bem directo, não deixando de ser interessante (e contendo no final uma versão extended com apenas mais alguns segundos e "Lake" é uma peça que mais uma vez vai crescendo até que se instala sem querer sair mais. Tem aquele feeling de fechar o círculo e é o tema ideal para fechar este trabalho.

"II" é surpreendente para quem não conhecia os Forks, que provam ser sem dúvida uma força a ter em conta no rock psicadélico. Grande álbum!


Nota: 9/10
Review por Fernando Ferreira