• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


A forma mais rápida de se provocar uma dor de cabeça terceiros é colocar nos ouvidos de alguém que esteja a dormir uns auscultadores e coloque a rasgar a primeira música deste "Plethora", "La Terreur D'Exister". Ou uma dor de cabeça ou um ataque cardíaco. Imaginem os The Dillinger Escape Plan a tentar tocar jazz dissonante, de olhos vendados e de pernas para o ar numa montanha-russa e provavelmente seria isto que iriam ouvir. Mathcore não é dos géneros mais fáceis de ouvir, nem tão pouco é daqueles que mais atenções geram - e quando o faziam era porque era moda, felizmente já não é - mas isto é ridículo.

Aquela primeira música condiciona por completo a audição do resto do álbum - apenas os mais corajosos avançam depois daquilo e não é dizer que o que vem depois é melhor, mais contido ou menos alucinado (como queiram ver a coisa). A sequência "The Balance", "Rage Noir" e "Two Mountains" junta death metal, mathcore, noise (aliás, a "Rage Noir" é um jogo de feedback de guitarra. Dois minutos... de feedback de guitarra) e outras coisas que não são muito fáceis de descrever. Não existem dúvidas em relação à capacidade técnica da banda francesa, mas agora a capacidade de escrever músicas que se consigam ouvir... Apenas uma se aproxima desse ponto: "Tropique Du Cancer".

Provavelmente "Plethora" está a ser mal interpretado da nossa parte, mas mesmo admitindo isso, é impossível não sentir que este álbum soa como uma espécie de exercício de masturbação técnica do que propriamente uma obra para se apreciar. É tudo uma questão de gosto e para quem goste mesmo muito (mas mesmo, mesmo, mesmo muito) de mathcore, poderá encontrar aqui razões para dar algumas audições, mas sabemos que para o resto da humanidade, o caos aqui apresentado acaba por soar desprovido de sentido e até pretensioso, mas provavelmente seremos nós que não temos capacidade para atingir este nível de brilhantismo.


Nota: 3.5/10

Review por Fernando Ferreira