• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


É incrível como os escandinavos conseguem capturar o stoner arraçado de hard rock tão bem no meio de todo o seu gelo. Os Stonewall Noise Orchestra chegam ao quarto álbum sem dar muito nas vistas mas isso é algo que poderá mudar aqui, com este "The Machine, The Devil & The Dope" que nos apresenta nove temas de hard rock cheio de groove sulista aos quais somos obrigado visitar várias vezes. Tudo pela simplicidade com que o mesmo nos brinda, uma simplicidade alarmante e que foi o próprio objectivo da banda para este trabalho.

E lá pelo rock ser simples não quer dizer que não seja interessante - na maior parte das vezes é quando é mesmo simples que as coisas se tornam realmente interessantes. O foco da banda são os riffs, os refrões apelativos - aquele refrão da "Welcome Home" parece que está connosco desde sempre ou pelo menos que vai ficar connosco por sempre - e principalmente muita energia genuína. Nos tempos que correm, é muito fácil termos bandas que colapsam porque simplesmente não sentem aquilo que estão a fazer, mas esse risco não existe por aqui já que temos a verdadeira paixão pelo rock.

Não se trata de coleccionar elementos para cumprir uma fórmula que actualmente é bastante actual. É apenas termos temas que nos agarram pelos ouvidos e não querem mais largar, além de termos uma dinâmica muito boa que nos permite ouvir o álbum todo sem cairmos no aborrecimento como o rockão da "Into The Fire", o proto doom da "Don't Blame The Demons" ou ainda a bem hard rock clássico "Superior" e o seu refrão fantástico bem comprovam. Para quem for fã das sonoridades mais clássicas, têm aqui mais uma obra a descobrir a fundo.


Nota: 7.6/10

Review por Fernando Ferreira