• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Virus não é para toda a gente. É o seu próprio mentor que o diz e acreditamos que o diz de forma sincera e sem (muita) arrogância. As dissonâncias e a aproximação a estruturas próximas do jazz fazem com que seja algo difícil de ouvir. Pelo menos foi assim até ao momento, nos três álbuns anteriores e as expectativas mantém-se iguais para este quarto trabalho. Expectativas essas que não saiem furadas. Apesar da ligação a Ved Buens Ende, a banda de culto black metal avant-garde, esses dias já estão bem encerrados, isto nas palavras de Czral, vocalista, guitarrista e principal força motriz da banda.

Não é preciso muito de "Memento Collider" para perceber isso, assim como não é preciso muito para perceber que é um trabalho muito difícil de apreciar, isto para o metaleiro comum. Imaginem uma banda de black metal que juntem riffs dissonantes, com estruturas complexas e pouco usuais indo buscar tanta influência a Voivod como a trabalhos de puro jazz. Estão a imaginar? Agora tirem-lhe a distorção. Assusta, não assusta? A distorção faz com que se consiga suportar muita coisa, principalmente estruturas complexas e riffs dissonantes arraçados de Jazz.

Sem rede (isto é, sem distorção), este álbum é um verdadeiro desafio, ao qual não é impossível de gostar. Leva trabalho, é exigente para com o ouvinte mas há por aqui uma certa aura de hipnose que nos vai agarrando faixa após faixa, não ficando nenhuma música em particular - o grande defeito do trabalho - até porque há todo um sentimento que é transversal ao álbum. Poderá irritar imediatamente aqueles que gostam de coisas mais directas assim como deixará maravilhados todos os outros que apreciam música de difícil acesso e desafiante. Em relação a este trabalho específico, estamos no meio, embora tenhamos que confessar, que realmente prende.


Nota: 5/10

Review por Fernando Ferreira