• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Krautgaze. É uma grande ideia para um género. Nos dias em que correm, qualquer boa ideia tem que ser realçada, não vá perder-se no meio da mediocridade que nos rodeia e cerca por todos os lados. Assim sendo, temos o espírito shoegaze aliado ao típico krautrock que fez furor no final da década de setenta e início da década de oitenta, ou seja, na prática, é como se voltássemos à decada de oitenta mas com a sensibilidade do shoegaze que só se foi aprimorando anos depois, na década de noventa. E é inevitável não se pensar numa série de nomes conforme se ouve temas como "Do Or Die" - tão new wave que poderíamos jurar que tinha sido gravado em 1980.

No entanto não é apenas deste sentimento que a banda vive, como já dissemos, junta aqui outras sensações, tais como um rock mais moderno que desponta aqui e ali em temas como "Intuition Unbound" enquanto outros até nos apontam para sonoridades mais progressivas e/ou ambientais com apontamentos electrónicos (as "To Vanish", "Kirwani" e "Kirwani II" que encerram o disco, são excelentes exemplos), uma mistura que poderia fazer de "Cascades" uma manta de retalhos disconexa mas que na realidade resulta numa identidade quase irresistível.

Teremos que confessar que "Cascades" dificilmente agradará à maioria dos nossos leitores e mesmo aqueles com horizontes mais abertos terão que ter um pouco de nostalgite aguda que o permita não adormecer com temas mais compassados como "Rush" e "Deep Purple Rain". A simplicidade não tem idade e a eficácia de certos sons é transversal a qualquer época. A banda vai buscar várias referências a várias épocas e consegue criar não só um trabalho actual como um que continuará assim daqui a muitos anos. Viciante e intrigante. Não necessariamente por esta ordem.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira