• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Para quando nos esquecemos porque raio gostamos tanto de stoner (metal ou rock, tanto faz) basta ouvir um bocado de um álbum como este dos Boudain para nos lembrarmos. E não, não perderam episódios nenhuns, os norte-americanos Boudain só chegaram aos álbuns com este “Way Of The Hoof” depois de um EP editado três anos atrás. Não podemos dizer que o seu som é surpreendente ou que nos traz algo de novo. Não traz, mas o que não têm em originalidade compesam em groove.

Calma, não falamos de um groove qualquer, este é um groove com qualidade. Aquele que se instala quando fechamos os olhos e sentimos a cabeça a abanar instintivamente, sem qualquer comando da nossa parte. Aquele groove que parece que se instala como se estivéssemos fumado um qualquer canabinoide – imaginamos o impacto que não tem naqueles que fumam. Temos portanto a eterna referência aos Black Sabbath, Corrosion Of Conformity, Kyuss e até Fu Manchu. Muitos nomes poderíamos despejar mas vamos andar em frente, sim?

São oito temas que andam todos à volta destas referências e que raramente conseguem escapar delas. Não é que seja propriamente mau, não é e poderiam haver piores referências para se estar ligado. O pior é sentir que não há nada de novo ou nada de extraordinariamente excitante para além dos nomes todos citados atrás (e fora os que ficaram por referir). Ainda assim são quase quarenta minutos de boa música, de boa onda, para relaxar e bater o pé. Sabemos que o stoner quer-se relaxado mas um pouco mais de sangue na guelra também não fazia mal a ninguém.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira