• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes

Symphony X - Underworld




Riverside - Love Fear And The Time Machine




Amorphis - Under The Red Cloud





Flayed - Monster Man




Ivanhoe - 7 Days




Elferya - Eden's Fall




Spektr - The Art To Disappear




Rab - Rab 2




Exumer - The Raging Tides




Tales Of The Tomb - Volume One Morprhas




Dimino - Old Habits Die Hard




Roxxcalibur - Gems Of The NWOBHM





The Fifth Alliance - Death Poems




Augrimmer - Moth And The Moon




The Great Tyrant - The Trouble With Being Born




Weeping Silence - Opus IV - Oblivion




Watercolour Ghosts - Watercolour Ghosts




Hexx - Under The Spell/ No Escape




Deseized - A Thousand Forms Of Action




Razor Rape - Orgy In Guts




Sadist - Hyaena




Xandria - Fire & Ashes




Alien Syndrome 777 - Outer




Asylum Pyre - Spirited Away




Canyon Of The Skell - Canyon Of The Skull




Chron Goblin - Blackwater




Extreme Cold Winter - Paradise Ends Here

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



















Entrevista aos Wintersun

Os Wintersun estão de volta mas só acede ao novo álbum “The Forest Seasons” quem participar na campanha de crowdfunding que se iniciou no dia 1 de março e que terminará no dia 31 do mesmo mês. (...)

Vallenfyre revelam detalhes do novo álbum

O próximo álbum dos Vallenfyre, intitulado "Fear Those Who Fear Him", será lançado a 2 de Junho pela Century Media Records. O 3º álbum da banda foi gravado (...)

Hail Of Bullets chegam ao fim

A guerra dos Hail Of Bullets chegou ao fim. A banda holandesa colocou um término na sua luta e para a história ficaram álbuns como "...of Frost and War", (...)

Novembers Doom lançam novo vídeo

Os Novembers Doom, banda oriunda de Chicago, acaba de lançar um novo vídeo com a letra. Retirada do seu décimo álbum, “Zephyr”, foi, desta feita, a escolhida.(...)

Testament preparam lançamento de novo álbum e livro

Apesar do seu último álbum "Brotherhood Of The Snake" ter sido lançado há apenas cinco meses, os Testament encontram-se já a trabalhar no seu sucessor. A revelação surgiu numa entrevista(...)



Com duas datas, começando no Hard Club no Porto e seguido de Lisboa, o nosso país foi o feliz contemplado para os Hate e os Noctem darem início à sua digressão europeia, que os verá também passar por Espanha e Reino Unido até meados de Dezembro.

O RCA Club, em Lisboa, abriu-se assim para a 2ª data da digressão, onde foram escolhidas como bandas de suporte os portugueses Emerging Chaos e os My Master The Sun. Também para o concerto do dia anterior, no Hard Club do Porto, foram convidadas bandas nacionais para a abertura, uma iniciativa que é sempre de louvar.

Os My Master The Sun tiveram a honra de abrir as hostilidades. Naturais de Lisboa, e formados apenas em 2013, cedo marcaram posição na noite que se iniciava com a sua personalidade muito própria. As letras cantadas exclusivamente em português, focadas no álbum "A Arte da Desobediência", marcaram um compasso de revolta envolto numa sonoridade stoner irrepreensível que, apesar de muito diferente das bandas que se iriam seguir, constituiu uma boa lufada de ar fresco. 

Seguiram-se os Emerging Chaos, naturais do Barreiro, que começaram a mudar o tom da noite com o seu trash/death metal pela mão do surpreendente e extremamente competente vocalista Jim Gäddnäs. Com o seu EP "Decay of Mankind", conseguiram começar a animar o ainda pouco público presente na sala com a sua energia e entrega contagiante.

Após uma breve pausa, entraram em palco os Noctem. De Valencia, e com uma já longa carreira de 15 anos, os espanhóis constituíram-se como uma das referências da cena black/death metal europeia. Liderados pelo vocalista de nome artístico Beleth, presentearam a audiência com uma verdadeira mostra teatral ao estilo black metal, sangue falso incluído. A teatralidade, contudo, não ofusca mas sim complementa bem o som intenso da banda, que focou a atuação na apresentação do seu mais recente álbum "Haeresis", lançado apenas em Setembro passado.

Fechando a noite, entraram em palco os muito aguardados Hate. Vindos da Polónia, e formados também na década de 90, é inevitável a comparação com os seus conterrâneos Behemoth. De facto, o seu som apresenta um estilo semelhante mas, indo ao pormenor, percebemos rapidamente a diferença no black metal que os Hate interpretam. Poderemos falar de um estilo black metal polaco, tal como falamos de um estilo norueguês, mas é evidente que os Hate criaram e percorreram o seu próprio percurso. Apresentando o seu último álbum "Cruzade: Zero", lançado em 2015 demonstraram ser uma banda madura e poderosa em palco que captou a atenção da, infelizmente, reduzida audiência que os recebeu.

Este é aliás o único facto a lamentar desta noite. Esperemos que, numa próxima vinda, tanto os Noctem como os Hate despertem um maior interesse por parte do público português pois são, sem dúvida, duas bandas a seguir!
 
Reportagem por Mariana Crespo