• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Reviews Mais Recentes

Uada - Cult of the Dying Sun


Occultum - In Nomine Rex Inferni


Monolithe - Nebula Septem


Morag Tong - Last Knell of Om


Haunted - Dayburner


Djevel - Blant Svarte Graner


Raw Decimating Brutality - Era Matarruana


Czort - Czarna Ewangelia


Kinetik - Critical Fallout


Dopethrone - Transcanadian Anger


Abhor - Occulta ReligiO


Refuge - Solitary Men


Sevendust - All I See Is War


Black Fast - Spectre of Ruin


Sleep - The Sciences


Tomb Mold - Manor of Infinite Forms


Taphos - Come Ethereal Somberness


Wrath Sins - The Awakening


Judas Priest - Firepower


Bleeding Through - Love Will Kill All


Ihsahn - Àmr


Alkaloid - Liquid Anatomy


Filii Nigrantium Infernalium - "Fellatrix


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































The Sword vão entrar num hiato

Corte quase fatal no futuro dos The Sword, uma vez que a banda texana anunciou há dias que fará uma pausa, embora tenha lançado ainda em março (...)

Hate Eternal lançam áudio de "Nothingness of Being"

A banda de death metal irá lançar o novo álbum, Upon Desolate Sands, a 26 de outubro através da Season Of Mist. Depois de desvendar (...)

Alterações no alinhamento do Festival Bardoada e Ajcoi

O Festival Bardoada e Ajcoi anunciou a substituição de duas das bandas previamente confirmadas. (...)

Marky Ramone em Portugal no próximo mês

O veterano Marky Ramone tem dois espectáculos marcados para o nosso país, que serão nada mais, nada menos, do que o warm up para o Lisbon Tattoo Rock Fest 2018. (...)

Behemoth lançam nova música "Wolves Ov Siberia"

"Wolves Ov Siberia", o novo vídeo de Behemoth, pode ser visto acima. A música faz parte do próximo álbum da banda, "I Loved You At Your Darkest", (...)


Os Moonspell e Bizarra Locomotiva juntaram-se mais uma vez, desta feita no evento organizado pela Rockline Tribe, na sala TMN ao vivo, tendo sido a ocasião aproveitada também para marcar o lançamento do livro comemorativo dos vinte anos dos Moonspell, evento que antecedeu o concerto e que esteve reservado a cinquenta fãs para assistir.


Os Bizarra Locomotiva entraram em palco poucos minutos depois das dez, quando ainda estavam muitas pessoas do lado de fora do espaço, mas encontrando já uma sala muito bem composta para receberem o maquinal grupo português que conta com uma experiência de palco bastante acentuada, e sendo muito bem recebidos pelo público. Apesar da falta de comunicação com o público, este este sempre muito receptivo e entrou completamente na onda - e seria contra natura haver uma relação com o público, já que isso desvirtuaria o conceito de frieza que a banda tão bem explora. As comparações com Rammstein são inevitáveis, mas os Bizarra já andam nisto há quase duas décadas e em palco são um animal de respeito.

 Normalmente costuma-se recomendar certos álbuns para ficar a conhecer uma banda específica, mas no caso dos Bizarra Locomotiva, o melhor é começar pelos concertos, já que a postura de palco e as músicas (que no fundo é o que interessa mesmo e o que fala mais alto) é marcante. Passando pelos clássicos tais como "Apêndices" e "Druidas" entre outros que já são indispensáveis na setlist da banda. A participação de Fernando Ribeiro também um dos momentos altos da banda, entrando para cantar em três músicas, as três finais, sendo elas "O Anjo Exilado", "Engodo" e o "Escaravelho". 


Se os Bizarra conquistaram o público, os Moonspell entraram com o mesmo na mão. É incrível o elo entre a banda e o seu público, principalmente o nacional. Começando com o destaque ao último álbum, "Alpha Noir", os Moonspell deram início ao seu último concerto deste ano com o público sempre ao seu lado. O sentimento de gratidão da banda, expresso pelo seu porta-voz, Fernando Ribeiro, pela casa cheia, ainda para mais nos tempos de crise que todos nós atravessamos, foi genuíno e sentido, acumulado ao facto de agradecerem o convite pela Rockline Tribe pela oportunidade de acabarem o ano, após uma tour na América do Sul, com um concerto para o seu público de eleição: os fãs nacionais.



Com algumas alterações de alinhamento em relação a essa mesma tour sul-americana, houve espaço para algumas surpresas tais como a inclusão de "Soulsick" e "The Butterfly Effect". "Ataegina" também foi uma excelente surpresa, que contagiou o público por completo. Para o encore ficaram reservadas três visitas ao álbum "Antidote" com a sequência "In And Above Men" e "From Lowering Skies", com o tema título a encerrar esta noite, que não foi a última do mundo e ainda bem, porque assim tem-se mais oportunidades para viver momentos como os da noite de 21 de Dezembro.


Texto por Fernando Ferreira
Fotografias por Carlos Ramalhete
Agradecimentos: Rockline Tribe