• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Reviews Mais Recentes

Uada - Cult of the Dying Sun


Occultum - In Nomine Rex Inferni


Monolithe - Nebula Septem


Morag Tong - Last Knell of Om


Haunted - Dayburner


Djevel - Blant Svarte Graner


Raw Decimating Brutality - Era Matarruana


Czort - Czarna Ewangelia


Kinetik - Critical Fallout


Dopethrone - Transcanadian Anger


Abhor - Occulta ReligiO


Refuge - Solitary Men


Sevendust - All I See Is War


Black Fast - Spectre of Ruin


Sleep - The Sciences


Tomb Mold - Manor of Infinite Forms


Taphos - Come Ethereal Somberness


Wrath Sins - The Awakening


Judas Priest - Firepower


Bleeding Through - Love Will Kill All


Ihsahn - Àmr


Alkaloid - Liquid Anatomy


Filii Nigrantium Infernalium - "Fellatrix


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































The Sword vão entrar num hiato

Corte quase fatal no futuro dos The Sword, uma vez que a banda texana anunciou há dias que fará uma pausa, embora tenha lançado ainda em março (...)

Hate Eternal lançam áudio de "Nothingness of Being"

A banda de death metal irá lançar o novo álbum, Upon Desolate Sands, a 26 de outubro através da Season Of Mist. Depois de desvendar (...)

Alterações no alinhamento do Festival Bardoada e Ajcoi

O Festival Bardoada e Ajcoi anunciou a substituição de duas das bandas previamente confirmadas. (...)

Marky Ramone em Portugal no próximo mês

O veterano Marky Ramone tem dois espectáculos marcados para o nosso país, que serão nada mais, nada menos, do que o warm up para o Lisbon Tattoo Rock Fest 2018. (...)

Behemoth lançam nova música "Wolves Ov Siberia"

"Wolves Ov Siberia", o novo vídeo de Behemoth, pode ser visto acima. A música faz parte do próximo álbum da banda, "I Loved You At Your Darkest", (...)



Dia 30 de Abril, véspera de feriado, foi a data escolhida para juntar quatro conhecidas bandas do nosso underground: W.A.K.O., Crossed Fire, Burn Damage e Diabolical Mental State. Umas mais experientes e outras mais recentes, mas todas elas com vontade de dar o melhor para mostrar o seu som ao público, proporcionado uma noite de diversão garantida.


Os Diabolical Mental State abriram as hostilidades no RCA Club, com uma boa actuação, talvez fruto de já alguma rodagem ao vivo nos espectáculos de apresentação de "Basic Social Control", o seu EP de estreia. Presença em palco e vontade de agradar não faltaram, provavelmente o que falta ainda são os grandes temas, capazes de agitar uma plateia, e no espectro Groove/Thrash, a nível nacional, a concorrência é feroz, mas os DMS ainda estão a dar os primeiros passos e há que dar tempo ao tempo.

Em seguida, os Burn Damage demonstraram, mais uma vez, que são uma boa adição a qualquer cartaz. A sua sonoridade poderosa, que tem nas vocalizações de Inês Freitas, a cereja no topo do bolo, conquista facilmente os espectadores, contagiados com a energia que emana do quarteto em palco. Assim como as outras bandas presentes nesta noite de concertos, os Burn Damage beneficiaram das evidentes boas condições sonoras do RCA Club, podendo explanar a sua música da melhor forma.

Ao contrário daquilo que era esperado, tendo em conta que os WAKO eram os cabeças de cartaz, a famosa banda de Almeirim actuou primeiro do que os algarvios Crossed Fire. A banda de Nuno Rodrigues, João Pedro e companhia protagonizou um excelente concerto do princípio ao fim, percorrendo os temas mais emblemáticos do seu percurso, naquela que foi a última actuação do quinteto antes do início da fase de composição do próximo álbum, o terceiro da sua carreira.


Os Crossed Fire tiveram a difícil tarefa de manter o interesse depois do espectáculo da grande atracção da noite, mas o grupo mostrou estar à altura com um concerto que cativou os presentes pela sua sonoridade repleta de groove. A banda fez questão de demonstrar que também no Algarve se faz bom metal, terminando em plano mais que satisfatório esta noite de concertos organizada pela Tentáculo Produções, uma nova promotora da qual se vai ouvir falar mais vezes.




Texto por Mário Santos Rodrigues
Fotos por Igor Ferreira
Agradecimentos: Tentáculo Produções