• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Metalcore já levou muitas tareias nas páginas desta webzine. Não que tenhamos algo de pessoal contra o estilo ou as bandas que os praticam. Não de todo. A nossa questão é bem simples. È o sentir que o estilo já não é capaz de trazer nada de novo e que muitas das propostas que nos chegam - com excepções de excelente qualidade - não são mais que tentativas desesperadas de editoras e/ou bandas que se tenta manter relevantes comercialmente a todo o custo apresentando um produto (no verdadeiro sentido da palavra) de consumo rápido e com prazo muito limitado. Tirando isto do caminho só resta ainda esclarecer que o facto dos Hills Have Eyes serem uma banda nacional não influencia em nada a abordagem a este "Antebellum", o terceiro álbum da carreira da banda.

Na sua estrutura, este é um álbum de metalcore, que não existam enganos. Temos aqui todos os seus tiques, lugares comuns, clichês, o que lhe queiram chamar, está tudo cá. Tudo o que achamos de condenável milhares de vezes em álbuns anteriores está presente aqui. No entanto, a nossa apreciação global deste trabalho é bem diferente do que seria expectável. E porquê? Por uma questão simples, as músicas são realmente muito boas. Mesmo com características que já nos cansam os ouvidos, os refrões de cada uma destas músicas cola-se à cabeça e para quem pensa que é fácil fazer isso é porque também não percebe muito de música.

No entanto não é a questão de fazer apenas simples refrões que se colam na cabeça como pastilha elástica usada, é o facto de se ter verdadeiras músicas que soam realmente bem, e a que a direcção adoptada pela banda em relação ao passado é sem dúvida mais metal. Claro que quem tiver um preconceito bem profundo contra o estilo, não é este o trabalho que vai fazer mudar de ideias. Mas para quem tem a mente e os ouvidos um pouco mais abertos e aprecia melodias e peso na mesma equação, então "Antebellum" é sem dúvida um trabalho obrigatório conhecer, provavelmente o mais equilibrado e maduro da banda portuguesa.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira