• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Para quem nunca ouviu falar dos Dystopia Nå!, tem aqui uma segunda oportunidade. Esta banda norueguesa surge em 2015 com o seu segundo trabalho, depois de ter impressionado com a sua estreia quatro anos atrás. No entanto, são ainda um nome relativamente desconhecido. O seu som também não é propriamente imediato, uma espécie de mistura entre black metal depressivo e metal progressivo, com algum doom à mistura. As partes de black metal ficam confinadas praticamente à voz e algumas melodias, enquanto o aroma vingente é mesmo o do metal progressivo.

A faixa de abertura, "Doppelgänger", impressiona e agarra logo o ouvinte pelos ouvidos, com um sentido de peso e melodia que não são comuns de encontrar - e com um riff descomunal. Após esse momento, as coisas acalmam consideravelmente. "Intruder/Ephialtes" funciona como uma intro para a "Shadowscasting Horologe", outra faixa be`m melódica que vai desaguar na mais longa "Through Mirrors, Darkly" que apenas ganha um pouco mais de intensidade para o final dos seus quase nove minutos. Segue-se mais um interlúdio, com a pequena e bonita peça instrumental "Moment Of Lucidity" movida apenas a guitarra acústica. "Winding Stares Into Nothing" é mais um épico e aquele que pega com força nas influências black metal. "Lucidity (Phase II)" é mais um interlúdio que serve como conclusão à faixa anterior.

A dinâmica entre músicas (e nas músicas em si) são o prato forte deste trabalho."Cold Is The Colour" assesnta um pouco mais no doom enquanto as duas faixas finais ("My Eyes Are The Atoms Of The Sun" e "Final Encounter") são dois épicos enormes tanto em duração como em qualidade. Metal progressivo, complexo, intrincado mas mesmo assim, altamente melódico. Não será à primeira que "Dweller On The Threshold" entrará por completo, mas para quem gosta de retirar algo da sua música durante um período largo de tempo, poderá pegar sem receios neste trabalho já que a cada nova audição novos pormenores e novas revelações se vão levantar. Um excelente e surpreendente trabalho.


Nota: 8.4/10

Review por Fernando Ferreira