• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Process Of Guilt - Black Earth


Dephosphorus - Impossible Orbits


Samsara Blues Experiment - One With the Universe


Æther Realm - Tarot


Psygnosis - Neptune


Schammasch - The Maldoror Chants: Hermaphrodite


Altar of Betelgeuze - Among The Ruins


Nargaroth - Era of Threnody


Condor - Unstoppable Power


Holy Blood - Glory to the Heroes


The Flight of Sleipnir - Skadi


The Obsessed - Sacred


Necroblood - Collapse of the Human Race


Full of Hell - Trumpeting Ecstasy


Funeralium - Of Throes And Blight


Nightbringer - Terra Damnata


The Sarcophagus - Beyond This World's Illusion


Chaos Synopsis - Gods of Chaos


Farsot - Fail.Lure


Unearthly Trance - Stalking the Ghost


Daemon Forest - Dissonant Walk


The Ruins of Beverast - Exuvia


Novembers Doom - Hamartia


Funeral Tears - Beyond The Horizon



Summoner - Beyond the Realm of Light

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive'18

Os Queens of the Stone Age foram confirmados para a próxima edição do NOS Alive, que vai ocorrer entre os dias 12 e 14 de Julho de 2018(...)

Under The Doom V anuncia um cancelamento e respetiva substituição

O cartaz do Under The Doom V, que vai ocorrer entre os dias 30 de Novembro e 2 de Novembro, acaba de sofrer uma ligeira alteração. Os franceses Funeraliumoi (...)

Corrosion Of Conformity lançam novo álbum em Janeiro

Os americanos Corrosion Of Conformity estão a preparar-se para lançar, a 12 de Janeiro, o seu novo álbum “No Cross No Crown”, pela Nuclear Blast Entertainment. (...)

SWR Barroselas Metalfest revela primeiras confirmações

O festival SWR Barroselas Metalfest anunciou hoje as primeiras confirmações para a edição do próximo ano. O evento, que vai ter lugar de 27 a 29 de Abril(...)

Graveyard em Portugal - Revelada banda de abertura

Como é sabido, os suecos Graveyard vão atuar na sala Lisboa Ao Vivo, já no próximo dia 25 de Novembro. Os portugueses(...)


Há quase 20 anos atrás, a Xuxa Jurássica, liderada e idealizada por Miguel Gomes, começou a dar os primeiros passos na organização de eventos de música pesada em Portugal. Desde o punk ao metal, passando por inúmeras vertentes de rock e hardcore, os melhores nomes internacionais vieram pela mão de Xibanga e companhia. Numa noite que se adivinhava agridoce, além de ser o último evento da lendária promotora, seria também a despedida da mítica banda de hardcore Bane, que comemoram agora também duas décadas de existência.

Numa chamada de última hora, após um mal-entendido com o cartaz, em que Wolf Down acabou por não fazer parte do mesmo, vieram os lisboetas Shape, uma semana depois de no mesmo sítio abrirem para os mais modernos Being As An Ocean. Com um concerto mais morno que o costume, é notório que as faixas mais antigas continuam a ser as preferidas dos fãs, mas não deixa de ser visível que alguns dos temas mais recentes já são bem conhecidos pelos presentes. Faltando a clássica Life's Hard, souberam na mesma aquecer a sala, fechando o alinhamento com as já clássicas Rotten Inside e WYLD.

De seguida, directamente de Nova Iorque, e pela terceira vez em Portugal, os Backtrack mostraram o porquê de serem das bandas da actualidade com mais reconhecimento no meio Hardcore, com tours com alguns dos maiores nomes do mesmo, com direito ainda a inúmeros elogios dos próprios Bane. Tendo passado pela última vez no nosso país no início do presente ano, com os também lendários Madball e Strife, tiveram agora oportunidade de tocar um alinhamento um pouco mais comprido, arrancando com o tema-título do álbum que os lançou para a ribalta em 2011, Darker Half. Com um alinhamento maioritariamente centrado neste e no mais recente Lost In Life, faltou alguma energia por parte da própria banda, mas que o público soube compensar bem ao longo dos cerca de 40 minutos de concerto, onde houve espaço para faixas como The Worst of Both Worlds, Wash Away e Life's Plan.

Para fechar uma noite memorável, que a maioria dos presentes não irá esquecer tão cedo, com origem em Massachusetts, e nascidos como side-project do outrora guitarrista dos também míticos Converge, os Bane tornaram-se num dos pilares do Hardcore com uma mensagem positiva e com base na tolerância, na viragem da década de 90 para o século XXI. Depois de uma passagem em Cacilhas em 2012, e com o mais recente (e o final) lançamento de estúdio Don't Wait Up, do ano passado, chegam-nos agora na sua tour de despedida, 20 anos depois da sua formação. Com um alinhamento enérgico, houve espaço para clássicos como Ante Up e Can We Start Again, que juntou toda a sala em uníssono, assim como outras mais recentes como Calling Hours e Final Backward Glance. Uma hora recheada de stagedives e circle pits à antiga como há muito não se via em concertos de hardcore no nosso cantinho, houve ainda espaço para encore para fechar esta noite e o historial da Xuxa Jurássica com chave de ouro.

Texto por Afonso Veiga
Fotografias por Ana Júlia Sanches
Agradecimentos: Xuxa Jurássica