• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Apesar da referência a Black Sabbath, aquilo que os Mammorth Mammoth nos trazem é um rock mesmo sujo mas daqueles que têm um feeling que se torna tão atractivo que apesar de ser um fórmula mais que batida, consegue cativar-nos de alguma forma. E com um EP com apenas quatro temas, mesmo assim temos uma lançamento bastante variado e sólido, conseguindo mostrar várias diferentes facetas de algo que se julgava bastante unidimensional e sem grandes surpresas.

Neste espectro inserem-se os dois primeiros temas, “Taste Your Blood” e “Drugs”, um rock sujo (ou será que devemos dizer “sludjo”?) com uma capacidade hipnótica acima da média, o primeiro mais compassado e o segundo com um andamento mais acentuado. Depois disto, surge a cover do clássico dos MC5, “Kick Out The Jams” que encaixa perfeitamente neste puzzle. Para final fica reservado aquele que parece ser um épico, apesar de não passar dos cinco minutos, psicadélico e hipnótico como tudo. São pouco mais de quinze minutos que passam num instante, o que significa automaticamente… música da boa.


Nota: 8.4/10

Review por Fernando Ferreira