• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Os Heimdalls Wacht, mesmo não tendo atingindo os mesmos níveis de reconhecimento dos seus pares, são uma das forças a ter em consideração no underground do black metal alemão. Com uma regularidade discográfica (e também qualitativa) digna de nota, a banda chegou em 2015 ao seu sexto álbum de originais – “Ut De Graute Olle Tied – Deel Twee (Land Der Nebel)”. Aproveitando a boleia, a sua actual editora, a Heidens Hart Records, achou por bem reeditar o segundo álbum de originais, este "Der Untergang Der Alten Welt", lançado originalmente em 2006.

A razão apontada pela editora para a reedição é pelo facto deste lançamento específico estar esgotado há bastante tempo e com, por outro lado, uma considerável procura pelo mesmo. Quanto a nós tudo bem, não nos podemos queixar, já que este é um dos trabalhos mais inspirados do colectivo alemão, com músicas que continuam a fazer parte do alinhamento dos espectáculos hoje em dia. Aquilo  que o distingue é sobretudo o uso da melancolia e das melodias épicas, algo que faz com que temas como “Des Nordens Stern” e “In Kalte Schatten Versunken” resultem tão bem.

A editora, no press-release que faz acompanhar a cópia promocional, refere que não houve qualquer tipo de remasterização, faixas bónus ou até mesmo mexidas no artwork. Poderá parecer algo bastante trve (remasterização e faixas bónus é coisa de mariquinhas) mas até terá o seu sentido. O trabalho na sua essência é este e porquê desvirtuar o mesmo se é a procura é mesmo por este trabalho especificamente? Não se trata de tornar um produto rentável e atraente, trata-se de disponibilizar o mesmo para aqueles que não tiveram a oportunidade dez anos atrás. Minúcias. De qualquer forma este é um trabalho mais que recomendado aos fãs do black metal épico.


Nota: 9/10

Review por Fernando Ferreira