• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Os Begrime Exemious podem ter um nome que não lembra o diabo, mas o seu death metal blasfemo é um grande vício. E esta forma de abrir uma crítica poderá revelar demasiado e fazer com que passem logo à seguinte mas atentem por gentileza às palavras que vos dito sobre os motivos de este terceiro álbum da banda canadiana ser digno da nossa e da vossa atenção. Numa altura em que todas as bandas se preocupam em soarem estupidamente digitais, o facto de termos uma banda canadiana que nos surge com podridão no coração é sempre de salutar.

O primeiro tema "Cradled In Our Hands" coloca tudo em pratos limpos - ou sujos, conforme a perspectiva: o death metal da banda continua intenso, sujo mas ainda assim cheio de pormenores que os mais atentos não deixarão escapar, desde o trabalho de bateria que é bastante diverso, até à quantidade absurda de bons riffs que os dois guitarristas destilam. Isto quando se tem músicas de quase seis minutos como a "Overpowered (Under Siege)" - um dos grandes temas de todo o álbum - dá um jeitaço do caraças. Malhas, verdadeiras malhas, que nos levam a diversos lugares, jogando de forma inteligente com os tempos - atentem no ritmo lento e ameaçador das "Conscription Woes" e "Subconscious Nemesis".

A prova de que é possível manter um som cru e primitivo sem que isso signifique exactamente tocar mal. Um álbum recomendado a todos os fãs de death metal old school - daqueles tempos em que não se conseguia distinguir muito bem entre o death e o black metal mas também ninguém perdia muito tempo por isso. Para quem não os conhece ou chegou agora, os "Begrime Exemious" são uma força a ter em conta no futuro. E por falar em futuro... sabemos que o tempo não nos dá muitas hipóteses, mas até nem é descabido este álbum voltar aos nossos ouvidos daqui a uns anos com a mesma frescura com que se apresenta agora.


Nota: 8/10

Review por Fernando Ferreira