• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Mais uma banda clássica de hard rock melódico que nos é servida pelas mãos omnipresentes da Frontier Records. Desta vez é o duo conhecido pelo nome Drive She Said. Poderá ser um nome desconhecido para muitos dos nosso leitores mas este duo conseguiu algum sucesso ali na transição da década de oitenta para a noventa, ou seja o momento em que o género já estava em decadência. Aqui, neste regresso, não temos qualquer indicação de haver algum cheiro a bafio, embora se possa apontar o som precisamente para a época citada atrás.

Desde "Touch" que abre este trabalho até à "All I Wanna Do", o que temos é um hard rock bem melódico - tanto que por vezes roça o rock FM como na "Rainbows And Hurricanes" - que nos cativa sem grandes dificuldades e há uma óbvia razão para isso. Parece-nos familiar. Pelo menos para aqueles que cresceram na década de oitenta. Som como este era o mais popular e de alguma forma isto ficou gravado no ADN. Para alguns deve ter ficado registado como algo a evitar por causa do colesterol (músicas como a "Said It All" contém elevados níveis de azeite) para outros pode até trazer boas memórias.

O que quer dizer que este trabalho, como muitos trazidos pela Frontiers, poderá ser indicado para todos os que conheciam os Drive She Said, ou se não conheciam pelo menos estão mais abertos a este tipo de sonoridade. Há sem dúvida bons temas com fartura ("Love Will Win In The End" é definitivamente um deles, apesar do, lá está, azeite em abundância, mas pronto pelo menos estas gorduras não fazem mal) e uma série de convidados de luxo mas o que não há é algo de novo. Mas como também já não esperávamos ser surpreendidos, nem nos chateamos com isso.


Nota: 6.5/10

Review por Fernando Ferreira