• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Iron Reagan - Crossover


Lich King - Omniclash


Demonic Resurrection - Dashavatar


Black Anvil - As Was


Benighted - Necrobreed


Mechina - As Embers Turn To Dust


Adamantine - Heroes & Villains


Barathrum - Fanatiko


Persefone - Aathma


Blame Zeus - Theory Of Perception


Kreator - Gods Of Violence


Lock Up - Demonization


Obituary - Obituary


H.O.S.T. - Bastard Of The Fallen Thrones


Antropomorphia - Sermon Ov Warth


Fall From Perfection - Metamorph


Pallbearer - Heartless


Mastodon - Emperor Of Sand


wolfheart - Tyhjyys


Sinister - Syncretism


Primal Attack - Heartless Oppressor


Grog - Ablutionary Rituals

Metal Imperium - Merchandise

.
Para encomendar, enviar email para: metalimperium@gmail.com

Concertos em Destaque

Visitantes

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Dying Fetus revelam detalhes do novo álbum

Os Dying Fetus vão lançar o seu novo álbum, "Wrong One To Fuck With", a 23 de Junho pela editora Relapse Records, e será o tão aguardado sucessor de "Reign Supreme", lançado em 2012.(...)

Novembers Doom - Novo álbum disponível para audição na íntegra

O novo álbum dos norte-americanos Novembers Doom, intitulado "Hamartia", é lançado hoje pela The End Records. Este trabalho pode ser ouvido na íntegra através desta ligação. (...)

SWR Barroselas Metalfest XX - Horários das atuações

Ampliando a imagem acima, é possível conhecer o horário de atuação de cada uma das bandas que irá compor o SWR Barroselas Metalfest XX. Recorde-se que o festival ocorre entre os dias 27 e 30 de Abril, em Barroselas. (...)

Tony Iommi está a trabalhar em novo material de Black Sabbath

O já conhecido guitarrista dos Black Sabbath, Tony Iommi confirmou em entrevista que está neste momento a juntar e trabalhar o som do último concerto que a banda deu, em Birmingham, e também há rumores(...)

Tankard lançam novo vídeo com letra

Os Tankard lançaram um novo video com letra para a música "Arena Of The True Lies", que fará parte do seu sétimo álbum de estúdio, "One Foot In The Grave"(...)


Retro. Como diria o povinho, há várias formas de esfolar um gato (ou coelho, já não me recordo bem) e assim é com o retro. Há várias manifestações de retro. Quando falamos hoje em dia no termo, pensa-se logo numa banda que parece que saltou do hard rock (ou até rock) da década de setenta para os dias de hoje. No entanto, não é o que temos aqui. Os Hexvessel são nitidamente uma banda retro mas a sonoridade que apresenta remonta a outro tipo de coisa. Com um feeling bem mais psicadélico e um orgão a condizer (parece que tem por ali dedinho ou dedinhos do saudoso Ray Manzerek dos The Doors), diriamos que a banda finlandese apoiu-se mais na década de sessenta.

Consta que nem sempre foi assim e que os Hexvessel outrora apoiaram-se mais em tonalidades mais space rock e até folk. Tendo em conta o que se pode ouvir nestas faixas, não temos muita razão para nos queixar, já que a qualidade continua a ser mais que muita. É certo que para quem achava o órgão de bandas como os já mencionados The Doors, vai ter uma grande dificuldade a conseguir com que esta sonoridade entre, ainda para mais com um som de distorção de guitarra tão precário como se tivessemos em 1967. Mas é precisamente reside o charme deste "When We Are Death".

Temas como "Transparent Eyeball"  e "Earth Over Us" que nos mostra como se fazia (ou deveria fazer) rock psicadélico na década de sessenta, assim como outras peças como a " "When I'm Dead" que tem lá pelo meio umas variações que nos fazem lembrar as extravagâncias músicas dos primórdios de bandas como King Crimson e dos primeiros tempos de Frank Zappa. Para tornar a coisa mais dinâmica, ainda temos algumas baladas ("When I'm Dead" e "Green Cold") que acabam também por quebrar um pouco o ritmo e tornar este trabalho um pouco mais mellow. Apesar de se conseguir apreciar, é um trabalho com um público alvo muito específico assim como uma disposição para tal. Para os apreciadores de sonoridades vintage, é um tiro em cheio, diferente daquilo que é habitual no género. Para os outros todos, nem vale a pena tentar.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira