• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Retro. Como diria o povinho, há várias formas de esfolar um gato (ou coelho, já não me recordo bem) e assim é com o retro. Há várias manifestações de retro. Quando falamos hoje em dia no termo, pensa-se logo numa banda que parece que saltou do hard rock (ou até rock) da década de setenta para os dias de hoje. No entanto, não é o que temos aqui. Os Hexvessel são nitidamente uma banda retro mas a sonoridade que apresenta remonta a outro tipo de coisa. Com um feeling bem mais psicadélico e um orgão a condizer (parece que tem por ali dedinho ou dedinhos do saudoso Ray Manzerek dos The Doors), diriamos que a banda finlandese apoiu-se mais na década de sessenta.

Consta que nem sempre foi assim e que os Hexvessel outrora apoiaram-se mais em tonalidades mais space rock e até folk. Tendo em conta o que se pode ouvir nestas faixas, não temos muita razão para nos queixar, já que a qualidade continua a ser mais que muita. É certo que para quem achava o órgão de bandas como os já mencionados The Doors, vai ter uma grande dificuldade a conseguir com que esta sonoridade entre, ainda para mais com um som de distorção de guitarra tão precário como se tivessemos em 1967. Mas é precisamente reside o charme deste "When We Are Death".

Temas como "Transparent Eyeball"  e "Earth Over Us" que nos mostra como se fazia (ou deveria fazer) rock psicadélico na década de sessenta, assim como outras peças como a " "When I'm Dead" que tem lá pelo meio umas variações que nos fazem lembrar as extravagâncias músicas dos primórdios de bandas como King Crimson e dos primeiros tempos de Frank Zappa. Para tornar a coisa mais dinâmica, ainda temos algumas baladas ("When I'm Dead" e "Green Cold") que acabam também por quebrar um pouco o ritmo e tornar este trabalho um pouco mais mellow. Apesar de se conseguir apreciar, é um trabalho com um público alvo muito específico assim como uma disposição para tal. Para os apreciadores de sonoridades vintage, é um tiro em cheio, diferente daquilo que é habitual no género. Para os outros todos, nem vale a pena tentar.


Nota: 7/10

Review por Fernando Ferreira