• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Primeiro álbum de originais dos norte-americanos Nonpoint para a editora Spinefarm Records. A banda tem já uma carreira longa, sendo que este "The Poison Red" é já o décimo álbum, e em nada se nota que tenham havido alterações na sua sonoridade, apesar das alterações de formação com a entrada do guitarrista BC Kochmit. Quer-se dizer, existiram alterações, sim, mas as mesmas não mudaram a essência do seu som, que continua a mover-se por entre os meandros da fusão do rock com metal, indo buscar muitos elementos ao malfadado nu-metal.

Sim, ele ainda existe e provavelmente este momento parece ser o ideal para revivalismos ou pelo menos para a aceitação daquilo que pouco tempo atrás não tinham qualquer tipo de aceitação comercial - e se formos a ver, o nível de aceitação que existia para bandas deste género nunca vai voltar aquilo que foi no virar do milénio. No que diz respeito a este trabalho em si, não podemos dizer que o que se pode ouvir é um vazio de ideias ou se trata de um insulto para quem gosta de música pesada, no entanto também não é propriamente algo que deva entusiasmar por aí alguém.

Apesar da sua sonoridade ser bem moderna e forte, a fórmula acaba por nos remeter para o período específico indicado atrás. Claro que existem excepções a essa mesma fórmula, como os solos que pontuam frequentemente ao longo do álbum (com o destaque para o solo bem cheio de feeling raivoso da "Bottled Up Killer Bees") mas no geral é uma sucessão de déjà-vús que, por um lado, pode causar nostalgia mas por outro pode dar a sensação de que é mais do mesmo. No que nos diz respeito, gostamos de ouvir e até repetimos a dose várias vezes, mas dificilmente vamos pegar em "The Poison Red" no futuro.


Nota: 6/10

Review por Fernando Ferreira