• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Os norte-americanos Tool concederam mais uma atualização sobre o seu tão aguardado - como já é apanágio - novo álbum. Desta vez foi o baixista Justin Chancellor que, numa recente entrevista ao site Bassplayer, afirmou que a banda está atualmente muito concentrada no processo de composição: 

"Reduzimos as coisas para grandes grupos de ideias. Nos últimos meses temos trabalhado exclusivamente numa das canções mais recentes. Já temos as linhas gerais para os principais temas que compõem o esqueleto entre versos e coros. Depois, explorámos diferentes maneiras de nos podermos afastar desse esqueleto, voltamos a ele, viramo-lo de cabeça para baixo e levamos o nosso tempo para ver o que mais se encontra ali.

"Toda a gente sabe que nós levamos o nosso tempo. E estamos realmente a tentar ser responsáveis connosco ao tentarmos descobrir ideias que não foram ainda descobertas. A maneira como experimentamos é uma espécie de alquimia."

Como foi referido no início desta notícia, estes alquimistas do progressivo têm como apanágio o facto de os seus trabalhos serem tão aguardados pelos fãs e não é para menos, já que o seu último registo de originais, "10,000 Days", foi lançado há 10 anos e, sendo assim, Justin Chancellor também explicou o seguinte:

"Compor é um processo esgotante para nós e, assim que concluímos um álbum, partimos em digressão durante alguns anos. Além disso, estamos sempre muito envolvidos no nosso próprio negócio, por isso precisamos de uma pausa quando voltamos.Também passámos por uma série de processos legais difíceis e eles são um pouco chatos e não são criativamente inspiradores. Lutámos para estar nesta posição e agora é quase uma responsabilidade levarmos tempo a explorar conceitos especiais, enquanto estamos neste planeta.

"Somos os nossos piores críticos; estamos a fazer o nosso melhor para encontrar algo que nos surpreenda e queremos que todos estejam completamente satisfeitos com o que produzimos. Eu estou entusiasmado com este próximo álbum e o material vai ser muito inspirador. Portanto, para quê apressá-lo agora?"

Por: Bruno Porta Nova - 14 Dezembro 16