• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


O já mítico bar dos Penicheiros acolheu o último concerto de 2017 para a Besta, cuja primeira parte ficou a cargo dos pigBall.

Numa noite de sonoridades extremas, escutámos primeiramente uma vertente musical mais calma, mas igualmente negra ou "blue". Os pigBall, uma "two man band" composta pelos experientes Mário Ayres e Cláudio Miranda, levaram-nos pelas encruzilhadas do lado mais sombrio do ser humano ao som de blues e rock n´roll com temas como "Come Back Home", que tão bem assenta em terra tão rockiana como o Barreiro. Em suma, um excelente início de noite oferecido por dois animadores natos dos quais se espera uma longa jornada.

Coube também à Besta explorar os lados mais sombrios do ser humano através dos seus temas com sobejo cariz político, dando espaço às primeiras manifestações mais entusiasmadas por parte dos presentes. Estes filhos do grind trouxeram-nos alguns temas já habituais dos seus últimos alinhamentos, como "Estrela Negra" ou "Planeta Terra Cancerígeno", o suficiente para fazer estremecer os Penicheiros. De regresso ao Barreiro, a Besta deu uma boa réplica daquilo que é capaz e deixou antever o promissor ano de 2018, dado que está para breve uma nova digressão pelo Brasil, como também um novo trabalho intitulado "Eterno Rancor". Da nossa parte, aguardamos com ansiedade por esse novo capítulo no percurso da Besta e acreditamos que o mesmo será bestial.

Texto por Bruno Porta Nova
Fotografia por João Moura