• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


"To Live Is To Suffer" são as primeiras palavras ditas neste quinto álbum dos alemães Dawn Of Destiny, através da música "And With Silence Comes The Fear", seguidas por uma melodia de teclado que fazem antever os moldes em que este "F.E.A.R." se desenrola: um power metal movido sonoridades góticas inclusive com recurso a sonoridades góticas. A mistura já foi feita muitas vezes, pela própria banda e por outras que chegaram mais longe na escala do reconhecimento e numa época em que há uma alergia a coisas requentadas, o grande trunfo de qualquer banda que quer fazer o que já foi feito antes milhares de vezes é apresentar uma proposta forte e que faça a diferença. Felizmente para os Dawn Of Destiny, é exactamente o que se tem aqui.

Equilibrando a melodia com o peso - as guitarras estão poderosíssimas e a bateria ainda mais potente - a voz masculina com a feminina, sem necessitar de fazer muitas vezes os velhos papéis de bela e monstro, ou seja sem muitos gimmicks, este é um álbum de uma banda já madura que se move num estilo algo ingrato, talvez não tendo a mesma aceitação que teria uns dez anos atrás, mas a paixão com que o fazem é assinalável. É impossível não se ficar empolgado com temas como "My Memories" e "End This Nightmare", daqueles que têm pelo menos um elemento que fazem com que fique logo gravado na cabeça e é este o poder que a música, boa, deve ter.

Existem alguns temas menos efectivos como "Innocence Killed", "Prayers" e "Then I Found You" e talvez seja neste ponto que se revele o facto que o álbum tem algumas músicas a mais, alguma duração excessiva (mais de uma hora) e em como seria mais eficaz se tivesse menos alguns minutos. De qualquer forma, é um álbum que convive muito bem com o que a banda já fez e com aquilo que o estilo já apresentou, tendo valor o suficiente para competir com o melhor que é e/ou já foi feito. Talvez seja também este álbum que os vá levar a um novo nível.

Nota: 7.7/10

Review por Fernando Ferreira