• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Reviews Mais Recentes

Uada - Cult of the Dying Sun


Occultum - In Nomine Rex Inferni


Monolithe - Nebula Septem


Morag Tong - Last Knell of Om


Haunted - Dayburner


Djevel - Blant Svarte Graner


Raw Decimating Brutality - Era Matarruana


Czort - Czarna Ewangelia


Kinetik - Critical Fallout


Dopethrone - Transcanadian Anger


Abhor - Occulta ReligiO


Refuge - Solitary Men


Sevendust - All I See Is War


Black Fast - Spectre of Ruin


Sleep - The Sciences


Tomb Mold - Manor of Infinite Forms


Taphos - Come Ethereal Somberness


Wrath Sins - The Awakening


Judas Priest - Firepower


Bleeding Through - Love Will Kill All


Ihsahn - Àmr


Alkaloid - Liquid Anatomy


Filii Nigrantium Infernalium - "Fellatrix


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































The Sword vão entrar num hiato

Corte quase fatal no futuro dos The Sword, uma vez que a banda texana anunciou há dias que fará uma pausa, embora tenha lançado ainda em março (...)

Hate Eternal lançam áudio de "Nothingness of Being"

A banda de death metal irá lançar o novo álbum, Upon Desolate Sands, a 26 de outubro através da Season Of Mist. Depois de desvendar (...)

Alterações no alinhamento do Festival Bardoada e Ajcoi

O Festival Bardoada e Ajcoi anunciou a substituição de duas das bandas previamente confirmadas. (...)

Marky Ramone em Portugal no próximo mês

O veterano Marky Ramone tem dois espectáculos marcados para o nosso país, que serão nada mais, nada menos, do que o warm up para o Lisbon Tattoo Rock Fest 2018. (...)

Behemoth lançam nova música "Wolves Ov Siberia"

"Wolves Ov Siberia", o novo vídeo de Behemoth, pode ser visto acima. A música faz parte do próximo álbum da banda, "I Loved You At Your Darkest", (...)


Quem corre por gosto não cansa, e a prova disso mesmo são organizadores como o Congas de For The Glory, ou o Emanuel da Hell Xis que, constantemente, se esforçam para trazer bandas de fora ao nosso cantinho, mesmo muitas vezes arriscando-se a falhar. Exemplo disso foi o concerto na República da Música, no passado dia 9, a uma quarta-feira! Com um cartaz composto por duas bandas americanas, a estrearem-se em Portugal, uma alemã e duas “da casa”, foi sem dúvida uma aposta arriscada, tendo em conta o dia da semana, o que terá provocado a fraca aderência de público.


Infelizmente, por motivos pessoais, os For The Glory viram-se forçados a cancelar a sua actuação, detalhe que pode ter sido causa de alguma inércia por parte dos presentes, visto que a banda de Congas e companhia é já conhecida pelas suas actuações enérgicas e explosivas e por cativar sempre o seu público da melhor maneira. Pouco depois da hora estipulada, os Cold Stare soltam os primeiros acordes. Esta banda da Califórnia, composta por membros de Take Offense, toca um hardcore punk na onda das míticas bandas de Boston como SS Decontrol ou DYS. Em cerca de 20 minutos dispararam malha atrás de malha, com uma coesão de admirar. Com um frontman de “língua afiada” que, entre algumas tiradas num tom descontraído e brincalhão, incentivou ao movimento, apesar de não ser correspondido pelo público, que ainda era pouco e mostrava-se pouco interessado na banda de Chula Vista.



Seguiram-se os já habituais nestas andanças, Neighborz. Banda composta por algumas caras conhecidas no panorama hardcore português, com novo EP acabado de sair, mostram-se cada vez mais coesos e seguros em palco. Apesar do discurso pouco coerente, vemos um frontman 100% dedicado, incentivando os presentes a movimentarem-se. Com alguns convidados especiais e entre várias palavras de agradecimento, brindaram-nos com várias malhas novas e outras mais conhecidas pelos seus fãs, como “Tácticas da Fé” ou “Shed A Light For Knowledge”, que soltaram as primeiras (de poucas) movimentações da noite.



Outra banda já acarinhada pelos portugueses são os alemães World Eater. Depois de dois anos desde a sua última passagem pelo nosso país, regressam agora com toda a força habitual. Em tour com Take Offense e Cold Stare, esta banda alemã demonstra em palco toda a experiência e coesão adquirida nos últimos anos, muito por causa das suas intensivas tours por todo o mundo, tornando-se numa das mais reconhecidas bandas de hardcore da Europa. Foi de longe a banda que criou mais movimentação na sala, que se tornou um desfile de side-to-sides, sing-alongs e o habitual two-step.



Para terminar, directamente de Chula Vista, Take Offense. Com um reportório muito mais thrash que as outras bandas, não agradaram especialmente o público português. Apesar de serem a banda com melhor prestação em palco, a sua sonoridade “à la” Suicidal Tendencies com influências notórias do thrash metal da velha escola, não foi suficiente para convencer o público, que era, como seria de esperar, maioritariamente fã da sonoridade mais hardcore. A banda californiana deu um dos concertos mais competentes da noite, onde se focaram principalmente no seu mais recente lançamento, United States of Mind. Apesar do cansaço notório dos músicos, devido a estarem em tour pela Europa, a banda entregou-se cheia de energia e a tentar relacionar-se mais proximamente com o público que, na maioria, provavelmente não conhecia bem a banda, devido à sonoridade um pouco diferente e ao facto de ser a primeira vez que visitam o nosso país.


Fica a esperança de que os organizadores continuem a apostar neste tipo de concertos DIY e a apoiar bandas mais pequenas em tour, e também que o público português comece a aderir mais a estes eventos. Os parabéns à organização pelo já habitual excelente trabalho.

Texto por Afonso Veiga
Fotografias por Joana Soares
Agradecimentos: Le Congs Shows e Hell Xis