• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Reviews Mais Recentes

Uada - Cult of the Dying Sun


Occultum - In Nomine Rex Inferni


Monolithe - Nebula Septem


Morag Tong - Last Knell of Om


Haunted - Dayburner


Djevel - Blant Svarte Graner


Raw Decimating Brutality - Era Matarruana


Czort - Czarna Ewangelia


Kinetik - Critical Fallout


Dopethrone - Transcanadian Anger


Abhor - Occulta ReligiO


Refuge - Solitary Men


Sevendust - All I See Is War


Black Fast - Spectre of Ruin


Sleep - The Sciences


Tomb Mold - Manor of Infinite Forms


Taphos - Come Ethereal Somberness


Wrath Sins - The Awakening


Judas Priest - Firepower


Bleeding Through - Love Will Kill All


Ihsahn - Àmr


Alkaloid - Liquid Anatomy


Filii Nigrantium Infernalium - "Fellatrix


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































The Sword vão entrar num hiato

Corte quase fatal no futuro dos The Sword, uma vez que a banda texana anunciou há dias que fará uma pausa, embora tenha lançado ainda em março (...)

Hate Eternal lançam áudio de "Nothingness of Being"

A banda de death metal irá lançar o novo álbum, Upon Desolate Sands, a 26 de outubro através da Season Of Mist. Depois de desvendar (...)

Alterações no alinhamento do Festival Bardoada e Ajcoi

O Festival Bardoada e Ajcoi anunciou a substituição de duas das bandas previamente confirmadas. (...)

Marky Ramone em Portugal no próximo mês

O veterano Marky Ramone tem dois espectáculos marcados para o nosso país, que serão nada mais, nada menos, do que o warm up para o Lisbon Tattoo Rock Fest 2018. (...)

Behemoth lançam nova música "Wolves Ov Siberia"

"Wolves Ov Siberia", o novo vídeo de Behemoth, pode ser visto acima. A música faz parte do próximo álbum da banda, "I Loved You At Your Darkest", (...)


No dia de comemoração nacional da libertação da ditadura, em Alvalade a celebração foi de música mesmo. Música pesada, negra, arrastada, viajante, mas música. Combinando a noite algo desagradável com chuva e vento e a fraca afluência de pessoas à porta do R.C.A., chegou-se a temer que a oportunidade de ver os Acid King, nome grande do stoner/doom norte-americano fosse desperdiçada pelo público português.

Felizmente, não passou mesmo de um temor infundado. Cerca de meia hora mais tarde, sobem ao palco os Vaee Solis, nome novo, sangue novo no doom negro nacional. Trata-se do novo projecto de Sophia (ex-vocalista de We Are The Damned), de João Galrito (dos Alchemist e A Tree Of Signs) e do baterista João Seixas, dos Don't Disturb My Circles, sendo a formação completada por Filipe Azevedo. O início do concerto, curiosamente, não foi com Sophia ao microfone e sim com um vocalista desconhecido que deixou as tripas em palco. Menos do que isso seria proibido para que fosse feita justiça à música dos Vaee Solis. Com um trabalho editado há pouco mais de um mês e sendo esta a segunda experiência de palco da banda, o público do R.C.A., ainda a meio gás, pôde constatar todo o doom/sludge enegrecido em todo o seu esplêndor. Destaque para "Saturn's Storm" e o tema título do primeiro lançamento, "Adversarial Light" numa actuação que apesar de algumas falhas de microfone nas primeiras músicas, foi uma prova superada de forma bem positiva.

Os senhores que seguiram foram os Lâmina, uma banda que tem tudo para se tornar de culto no panorama stoner/doom nacional. Com uma baterista que contagia pela forma como bate na bateria, um guitarrista vocalista que impressiona não só pela fatiota, mas principalmente pela forma como canta - e quando falamos cantar, dizemos mesmo cantar! - e como toca guitarra. É injusto destacar quem quer que seja, porque a banda surgiu completamente coesa, com um som que evoca tanto os primórdios do heavy metal e do doom (e para esse efeito, uma fantástica cover da "Black Sabbath" dos Black Sabbath, que acertou mesmo na mouche) como também vai buscar algum rock psicadélico que dá uma cor extra e bem vinda ao seu som. "Big Black Angel" foi apenas uma das malhas que são obrigatórias ouvir para todos os fãs deste estilo de som.

Seria a vez da tão aguardada estreia dos Acid King em Portugal. O grupo foi brindado por uma sala muito bem composta e ávida do som clássico que os norte-americanos possuem. Com um novo álbum de originais (e dez anos após o último), a banda foi recebida com entusiasmo e após a excelente "Intro", instrumental, (que também abre a novidade "Middle Of Nowhere, Center Of Everywhere"), atacou logo com uma série de temas novos que foram recebidos como se clássicos se tratassem. Em abono da verdade, não há nada melhor que "Red River", "Silent Pictures", "Infinite Skies" e "Laser Headlights". A voz de Lori S. parecia estar algo baixa no início de "Red River" mas essa foi uma situação que cedo foi corrigida e que não voltou a suceder. Depois da sequência de novidades, foi tempo de mergulhar nos clássicos da banda e quando se fala de clássicos dos Acid King não podemos deixar de mencionar temas como "2 Wheel Nation", "Electric Machine" e "Coming Down From Outer Space", sendo seguida do tema "Outro" que encerra o novo trabalho e que aqui teria também essa função, não voltasse a banda para um encore com dois temas. Um encore esse, muito desejado pela audiência do R.C.A.. Seria com "Sunshine And Sorrow" que se encerraria a noite e mesmo não tendo havido grande comunicação com o público (com as três bandas aliás) o calor humano foi mais que muito, contrastando com a muita chuva que caía fora do recinto. Não fosse a música do DJ voltar a soar nas colunas, que o público ainda estaria pronto para mais um encore. Não veio, mas a satisfação foi alta na mesma.

Texto por Fernando Ferreira
Fotografias por Anne Carvalho
Agradecimentos: Amazing Events  & Goodlife HQ