• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Total Pageviews

Reviews Mais Recentes


Amorphis - Queen of Time


Ghost - Prequelle


Angelus Apatrida - Cabaret de la Guillotine


Bleed From Within - Era


Painted Black - Raging Light


Necrobode - Metal Negro da Morte


Pestilence - Hadeon


Tortharry - Sinister Species


Inframonolithium - Mysterium


Somali Yacht Club - The Sea


Dallian - Automata


Candidata-te

A Metal Imperium encontra-se a recrutar colaboradores para redação de notícias, reviews de álbuns ou entrevistas a bandas.

Quem quiser fazer parte desta equipa poderá candidatar-se contactando-nos por email: metalimperium@gmail.com



Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































Ghost estreiam duas novas músicas ao vivo

Os Ghost fizeram um inicio "oficioso" da sua próxima digressão mundial no "The Roxy", em Hollywood, Los Angeles, e presentearam os fãs que(...)

Roy Khan confessa que sair dos Kamelot foi a "melhor decisão" que alguma vez tomou

Roy Sætre Khantatat, conhecido como Roy Khan, ou mais conhecido como o antigo vocalista dos Kamelot, falou à italiana SpazioRock (...)

Epica lançam vídeo para “Universal Love Squad”

Os holandeses lançaram recentemente o vídeo para a canção “Universal Love Squad”, sendo possível visualizar o mesmo (...)

Morbid Angel disponibilizam novo vídeo

A banda de death metal Morbid Angel divulgou recentemente um novo vídeo para o tema "Garden Of Disdain", pertencente ao mais recente álbum, "Kingdoms Disdained". (...)

Alice In Chains lançam vídeo para novo single

"The One You Know" é o novo single dos Alice In Chains, que pode ser ouvido no vídeo acima. A faixa faz parte do próximo álbum da banda, (...)


Primeiros as compilações. Depois os álbuns ao vivo. Agora as regravações. Existem várias formas de espremer o leite à vaca e as regravações é a mais recente tendência. Se por um lado se percebe as motivações como por exemplo naqueles casos em que a editora é detentora dos direitos que, por justiça, deveriam pertencer à banda, por outros soa a tentar capitalizar com qualquer coisa sem muito trabalho envolvido. Depois podemos dividir em dois estes tipos de casos. Temos a opção de reunir os temas antigos da banda e apresentá-los com uma nova e mais moderna roupagem ou então a regravação de uma certa e determinada obra. Isto tudo para dizer que no caso dos Grave Digger, temos a primeira opção tal como o título tão bem ilustra - “Exhumation – The Early Years”.

Pegando nos temas dos primeiros trabalhos da banda (“Heavy Metal Breakdown”, “Witch Hunter” e “War Games”) antes de mudar de nome em busca de mais alguns cobres - excepção feita para o tema "Stand Up And Rock", o único da fase Digger -  a banda dá-lhes um tratamento actual mas não foge muito às músicas originais e em relação ao seu som característico da sua segunda encarnação que começou no já distante “The Reaper” de 1993. Previsivelmente teríamos que ter “Headbanging Man”, “Witch Hunter” e “Heavy Metal Breakdown”, as três músicas mais identificáveis da primeira fase da banda – e também as melhores, por muito subjectivo que seja uma afirmação deste tipo.

Depois temos outras músicas que até acabam por beneficiar e muito com esta nova abordagem e que ficam bem mais apreciáveis, sendo o caso da “Fire In Your Eyes”, “Shoot Her Down”e “We Wanna Rock You”, com a sua forte viber à la década de oitenta. É um álbum de regravações que deixa um misto de emoções. Por um lado é uma forma de ficar a conhecer os momentos mais antigos e marcantes da banda, por outro lado, acaba por soar um pouco banal já que poderia ter-se aqui a oportunidade de reinventar um pouco o passado da banda – a exemplo que os Helloween fizeram com o seu álbum comemorativo dos vinte e cinco anos – mesmo que isso implicasse sair um pouco da linha. Ainda assim, os fãs dos Grave Digger, não terão aqui razões para ficarem descontentes. Se ficam entusiasmados… isso já são outros tantos.


Nota: 6.9/10

Review por Fernando Ferreira