• Facebook
  • Myspace
  • Twitter
  • Google+

Reviews Mais Recentes


Rasgo - Ecos da Selva Urbana


Terror Empire - Obscurity Rising


Painted Black - Raging Light


Wolves in the Throne Room - Thrice Woven


Celeste - Infidèle(s)


Moonspell - 1755


Battle Dagorath - II - Frozen Light of Eternal Darkness


Kalmankantaja - Routamaa


Archspire - Relentless Mutation


Tod Huetet Uebel - N.A.D.A


Benthik Zone - Via Cosmicam ad Europam ab Gelid Inferis


Acherontas - Amarta अमर्त (Formulas of Reptilian Unification Part II)


Progenie Terrestre Pura - oltreLuna


Vita Imana - El M4l


Overkill - The Grinding Wheel


Time Lurker - Time Lurker


Warbringer - Woe to the Vanquished



Akercocke - Renaissance in Extremis


Neige et Noirceur - Verglapolis


Concertos em Destaque

Tradutor

Entrevistas Mais Recentes



































System of a Down têm músicas novas

Afinal não há nenhum problema com os System of a Down. É Serj Tankian quem o afirma, numa entrevista recente concedida à Rolling Stone. Na verdade a banda tem músicas novas, (...)

Simbiose, Alien Squad, Dokuga atuam no Porto em fevereiro

Os nacionais Simbiose, Alien Squad e Dokuga vão tocar no Metalpoint (Porto), no dia 3 de fevereiro do próximo ano.(...)

Hourswill apresentam novo álbum na companhia dos Inner Blast, The Chapter e Scarmind

Os Hourswill apresentam ao vivo o seu mais recente álbum, "Harm Full Embrace", dia 13 de janeiro, no RCA Club em Lisboa.(...)

Kamelot lançam novo vídeo e revelam novidades para 2018

Os Kamelot disponibilizaram o novo vídeo do tema "Under Grey Skies", que conta com a participação da vocalista dos Delain, Charlotte Wessels.(...)

Graveyard a gravar novo álbum

Os suecos Graveyard encontram-se nos Park Studios, em Estocolmo, a gravar o seu próximo álbum de estúdio, sucessor de "Innocence and Decadence", lançado no ano 2015. (...)


Sempre gostámos de doom. Quando falo em nós, refiro-me à nossa nação musical metaleira. E dentro das mais variadas formas, isto para quem pensa que doom é um estilo limitado, que não o é. Ora com tendências mais góticas ora mais pesado lúgubre, as nossas propostas não se ficam em nada daquilo que se faz lá fora. E os Urania são mais uma prova disso mesmo. Com peso inacreditável e com um saudável sabor old school, “Hieros Gamos” é uma estreia em grande, onde apenas quatro temas nos levam às profundezas da depressão e da melancolia humana, sem esquecer sempre a distorção como maior aliado – ou seja, embora a melodia  não falhe, estamos mais próximos daquilo que os My Dying Bride faziam no início da sua carreira do que propriamente mais para a frente.

As regras do estilo estão bem assentes aqui mas há mais em “Hieros Gamos” do que simplesmente riscar itens de uma lista como se as compras do supermercado se tratasse. Muitas das vezes, neste estilo de coisa, instala-se um aborrecimento colossal capaz de colocar em coma alguém arraçado de João Baião, mas aqui o interesse mantém-se do início ao fim, com dinâmicas que à partida se julgaria possível num disco de doom metal. Não quer isto dizer que também as passagens lentas são intercaladas com blastbeats ou com outros elementos estranhos ao estilo.  As dinâmicas obtidas são próprias do estilo doom que aqui é tratado como rei. Não querendo provar que existem faixas melhores que outras – porque na globalidade, este é um trabalho ímpar – mas “Upon The Clouds Lays The Strength Of The Soul” é um resumo de tudo o que “Hieros Gamos” pode proporcionar.  Grande álbum, mais um, do metal português.


Nota: 8.9/10

Review por Fernando Ferreira